Extra! Extra! Companhia das Letras

Olá galera!

Agora é hora de conferir as novidades da Companhia das Letras, Seguinte e Paralela.



“O que fazer quando a festa de sessenta anos da sua amiga será no mesmo dia do aniversário de trinta do seu namorado? É errado mentir a idade em sites de relacionamento? O Dalai-Lama escreve os próprios tuítes ou será que ele tem um assistente? Dormir com alguém depois de dois encontros e seis semanas trocando mensagens de texto é o mesmo que se casar depois de dois encontros e seis meses de troca de cartas nos tempos de Jane Austen?” – Às voltas com esses e outros dilemas modernos, Bridget Jones encara neste novo e aguardado romance os desafios de ser mãe solteira, adaptar-se ao mundo digital e redescobrir sua sexualidade numa fase que algumas pessoas chamam, de forma grosseira e ultrapassada, de “meia-idade”. Bridget Jones está de volta!
Eles são cariocas, se conheceram na praia, foram companheiros de vadiagem em blocos de carnaval, viveram o desbunde dos 1960, as festas movidas a álcool, sexo e pó. Suas vidas testemunharam um país que virava de cabeça para baixo em costumes e valores: é esse o pano de fundo dos excessos, separações e arrependimentos que compõem as histórias de Fim. Álvaro, Sílvio, Ribeiro, Neto e Ciro são figuras muito diferentes, mas partilham não apenas o fato de estarem no extremo da vida, como também o acanhamento dos horizontes. Sucesso, realização pessoal e serenidade estão fora de questão – ninguém parece capaz de colher no fim das contas mais do que um inventário de frustrações. Há graça, sexo, sol e praia nas páginas de Fim. Mas elas também são cheias de resignação e melancolia. Humor sem superficialidade, lirismo sem cafonice, complexidade sem afetação: de que mais precisa um romance para dizer a que veio?
Quando o Talibã tomou controle do vale do Swat, uma menina levantou a voz. Malala Yousafzai recusou-se a permanecer em silêncio e lutou por seu direito à educação. Mas em 9 de outubro de 2012 ela quase pagou por isso com a vida. Malala foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus enquanto voltava da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria. A recuperação milagrosa de Malala a levou em uma viagem extraordinária de um vale remoto no norte do Paquistão para os salões das Nações Unidas em Nova York. Aos dezesseis anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a mais jovem candidata da história ao prêmio Nobel da paz.
Bem-vindo a Bullet Park, uma cidade em que até os burgueses mais engomadinhos conseguem se assustar com a sua própria imagem no espelho. Nesse ambiente exemplar, John Cheever retrata o fatídico encontro de dois homens: Eliot Nailles, um bom sujeito que ama sua esposa e seu filho de forma contente e um tanto alheia, e Paul Hammer, um bastardo cujo nome veio de um simples instrumento caseiro e que, após passar metade da vida a esmo, vai morar em Bullet Park com um objetivo – assassinar o filho de Nailles. Uma homenagem lírica, divertida e mordaz ao subúrbio americano – e a toda a (duvidosa) normalidade que ele representa – pelas mãos de um dos grandes nomes da literatura dos Estados Unidos.
Sylvia Day, autora best-seller da lista do New York Times e da Veja, que já vendeu mais de 12 milhões de exemplares, volta com duas histórias contemporâneas, bem apimentadas e muito românticas que certamente farão as leitoras perderem o fôlego. A primeira, que dá título ao livro, conta a história de Nick e Steph, colegas de trabalho que secretamente sentem uma enorme atração um pelo outro. Isso até o momento que Nick tira Steph no amigo secreto e escolhe um presente claro e direto: uma foto sensual e provocadora que promete esquentar as coisas entre eles. Já a segunda narra o relacionamento difícil e obsessivo de um casal que se vê envolvido na investigação e no roubo de joias de Gideon Cross. 
Muitas vezes, as mulheres sentem que precisam trabalhar mais do que os homens para provar seu valor. Já os homens acham que as mulheres perguntam muito, são sensíveis demais e atrapalham as decisões. Em Trabalhando juntos, John Gray (autor de Homens são de Marte, mulheres são de Vênus) e Barbara Annis analisam de forma clara e objetiva os pontos cegos entre homens e mulheres no ambiente de trabalho. Você poderá dar uma espiada na mente do sexo oposto e descobrir a raiz de tantos equívocos e mal-entendidos, aprendendo a eliminar os ruídos e a transmitir sua mensagem com eficiência máxima.

Em 2014 



2leep.com

9 comentários:

  1. 2014 com as história de seleção e a escolhida prometem, ja estou ansiosa
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Bridget Jones <3 nossa me divirto muito com esses livros!

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente, Fim é um livro que não tenho a mínima vontade de ler.. é o tipo de história que não só me atrai, como o tipo que costumo repudiar. Já Bridget Jones muito me interessa porque todas as minhas amigas são fãs. Então tenho curiosidade de um dia ler. Mas é óbvio que 2014 é que me tenta, com os lançamentos dos livros de A Seleção. Chega logo! kkk Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  4. Como eu quero praticamente todos esses lançamentos, é mais fácil dizer o que eu não estou interessada: Trabalhando juntos, Amigo secreto e Bullet Park.
    Sobre 2014, já estou ansiosa pelo último livro da trilogia da Seleção: A escolhida e os spin-off "The Prince and The Guard".

    ResponderExcluir
  5. Passo longe do terceiro livro da Bridget Jones. Eu amo a história e a personagem, mas a autora estragou todo o enredo nesse livro novo. Fiquei tão decepcionada. =/
    Os lançamentos de 2014 serão incríveis, especialmente o segundo livro.

    Beijocas, Cida.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Estou começando hj o "Eu sou Malala"... uma historia inspiradora em todas as suas formas.
    Se o começo for um indicador de como o resto do livro vai ser, então vai ser simplesmente perfeito! *-*

    ResponderExcluir
  7. Esses lançamentos estão ótimos hein?!
    Os quatro primeiros foram os que mais me chamaram a atenção... mas Bullet Park foi o que mais fiquei curiosa!

    ResponderExcluir
  8. Sylvia é simplesmente demais, não vejo a hora de ter o meu livro em mãos. E esses lançamentos para 2014 mexe com qualquer um. THE ONE CÉUS, não aguento mais esperar.

    ResponderExcluir
  9. Oie Cida
    Dentre os lançamentos quero ler a continuação de Bridget Jones - amo essa protagonista. Também quero ler Amigo Secreto.
    Beijos

    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!