[Resenha] Atormentada

Atormentada
Título Original: The Unquiet
Autor(a): Jeannine Garsee
Editora: Jangada     Páginas: 368
Lançamento: 2012       ISBN:9788562525490


1070081_568591806532699_324873197_n

Rinn é uma garota bipolar, que mantém o transtorno sob controle com a ajuda de medicação. Ela mora com a mãe e estuda no Colégio River Hills, onde dizem que a piscina é assombrada por Annaliese, uma adolescente que se afogou ali vinte anos antes. Quando coisas terríveis começam a acontecer aos seus colegas e não a ela, Rinn promete descobrir por que não pode ser "atingida" pelo espírito de Annaliese. Ela consegue fazer contato com o fantasma, que não se mostra nada pacífico. Ao descobrir o motivo, Rinn pede ajuda para seu namorado Nate, e elabora um perigoso plano para descobrir a verdade. Logo realidade e fantasia se confundem, até Rinn perceber que é quase impossível diferenciá-las. Diante de uma força malévola que ameaça a vida de todos de quem ela gosta, Rinn se pergunta se de fato pode confiar no que sente ou se está novamente perdendo o contato com a realidade.

A primeira vez que vi este livro foi quando recebi a novidades da Editora Jangada por e-mail, eu não conhecia a autora, então não sabia bem o que esperar do livro, mas posso dizer que foi um daqueles que me conquistou pela capa, que ao mesmo tempo é bela e agoniante.

O livro começa com a jovem Rinn muito contrariada,  chegando em uma nova cidade. Ela vivia em Los Angeles com a mãe e o padrasto até o dia que a sua avó morreu em um incêndio. Rinn sente muito esta perda, mas o pior de tudo é ter deixado sua antiga vida por causa que seu padrasto não a perdoa. Algo relacionado a morte da avó fez com que sua família acabasse, e agora ela terá que morar em uma cidadezinha pouco movimentada, onde sua mãe nasceu.

Eu logo de cara gostei do lugar, adoro cidades perdidas no meio do nada, onde as pessoas dizem meias verdades e não gostam de falar do passado. Isso logo indica muitos segredos bizarros e o melhor aqui foi a lenda da estudante que morreu na piscina do colégio e deixou o lugar assombrado. Além disso, na casa que Rinn foi viver, uma pessoa havia cometido suicídio, por acaso esta pessoa era a avó da menina morta no colégio.

Tantas ligações não poderiam ser coincidência e nossa protagonista começa a unir as peças do quebra-cabeças, mas até mesmo para ela, tudo é difícil de crer, já que por sofrer de transtorno bipolar  a linha entre a realidade e seus delírios é bem tênue.  Será loucura ou existe um fantasma ali?

O livro é narrado em primeira pessoa por Rinn, e neste caso, a narrativa caiu como uma luva, já que para entender melhor o impacto da situação e sentir na pele o clima, é preciso ver pela primeira vez tudo aquilo, tal como Rinn. Assim, conforme a garota vai enfrentando sua bipolaridade, vai também desvendando os mistérios daquela cidade, que garanto são muitos, inclusive envolvendo a  sua própria mãe.

Gente, que trama envolvente e gostosa. Não fazia ideia de que seria capturada desta forma. Quando comecei ler e Rinn falava de sua doença e tudo que ela causou em sua vida, eu achei que fosse ser uma história ligada na morte da avó e na garota que queria ficar bem, mas ao contrário disso, me vi dentro de um livro sobrenatural deliciosos e arrepiante. E o mais legal de tudo é a incerteza, você primeiro compra aquela ideia de assombração, mas conforme aquilo choca tanto Rinn e ela questiona sua sanidade, o leitor também questiona. É real ou ela ficou louca? E a curiosidade te faz devorar o livro. Você precisa saber o que é real, e se for mesmo um lugar assombrado, como chegou nesse ponto.

Os capítulos são bem curtinhos, iniciados pela contagem de tempo que Rinn faz desde o dia que sua avó morreu. É uma amostra clara do tormento da garota, que carrega consigo a culpa pelo destino da velha senhora. Rinn é uma confusão de sentimentos, ela sofre bastante por sua condição, mas não é melodramática, não mesmo. Rinn tem um humor ácido e sabe cativar. Muitas vezes ela chega a ser insensível aos sentimentos dos outros, mas logo fica claro que por causa de sua medicação, seus sentimentos ficam barrados e assim ela acaba sendo dura demais.  No entanto, mesmo medicada, ela não é totalmente controlada, então preparem para seus picos de humor, ódio, dor e dúvidas.

Conhecer o vizinho Nate não ajuda, o rapaz super fofo e prestativo, fica encantado pela menina da cidade grande, e entre as brincadeiras de chamá-lo de caipira e as idas para o colégio, nasce um romance gostoso e cheio de carinho. Nate é um doce e entende Rinn, não a julga.

A autora soube criar personagens muito interessantes e críveis, além de não revelar tudo sobre eles logo de cara, ela deixa você imaginar mil coisas antes de dizer quem é quem.

Gosto de um bom suspense e Jeannine Garsee soube criar um, onde mesclou vida real com sobrenatural, em um local cheio de segredos com pessoas desaparecidas e outras desconfiadas, dando a pitada certa de mistério, intriga e suavizando isso com um romance jovem doce. Não vai te dar aquele medo (só uns calafrios) e fazer perder o sono, mas vai te dar ótimas horas, com muita ansiedade pela verdade. Confesso que tive receio de um final pouco esclarecedor, mas não, foi tudo bem fechado. Claro que em certo momento já dava para saber o que tinha acontecido, e por isso achei que foi menos impactante do que esperava, mas mesmo assim, muito bom.

Alucinação ou não, o fantasma é bem cruel. Que garotinha terrível, a atormentada da história é mais ela, do que Rinn. E se foi tudo fruto da doença de nossa protagonista, ou se ele realmente acabou indo parar em uma cidade mais perturbada que ela, você só vai saber lendo.

Se gostei! Muito!!! E não é série.

2leep.com

33 comentários:

  1. Oi Cida, adoro livros de assombração, e acho que nunca li um livro em que a protagonista sofre de Bipolaridade.. Adorei saber da trama envolvente..
    Sabe, eu comprei este livro na Bienal e to doida para ler, só falta uma brecha na agenda hehe

    Beijos Mila
    Resenha nova no Daily ^^
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/2013/10/resenha-perdida.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi minha primeira leitura que a protagonista tinha este problema e deu para aprender muito sobre a doença.

      Excluir
  2. Oi Cida,
    já tinha visto o livro e me interessado pela capa, mas não tinha lido a resenha e gostei bastante.
    Parece ser mto bom!!!


    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida, tudo bem?
    Mais uma vez você me deixou extremamente curiosa. Gosto de livros com essa temática e depois de ler sua resenha fiquei com uma vontade enorme de ler. Acho que meu dia deveria ter mais de 24h porque são livros de mais e pouco tempo. :/
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também queria mais tempo, e sobre o livro, eu adorei, foi uma surpresa.

      Excluir
  4. Ah eu já quero ler só por conta do nome da menina. Rinn! <3 eu tenho essa mania de associar nomes, e este era o nome da menininha fofa no anime InuYasha. Kkkkkkk manias minhas! Mas a historia parece maravilhosa tambem, amei sua resenha e fiquei muito na vontade de ler o livro!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie
    Adorei a resenha♥
    Não conhecia o livro e já fiquei uma super curiosidade para saber o que vai acontecer.
    A capa é linda. Só deixa a gente mais curioso hahaha

    Beijos
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!!!

    Quando eu vi essa capa, já quis também! A sua resenha está ótima, pude entender melhor sobre o que se trata o livro e fiquei mais curiosa ainda. Vou ler ele logo, mas como sou medrosa, acho que ele vai me assustar sim... rsrs

    Beijos,

    Marcelle
    www.bestherapy.net

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida!
    Eu já conhecia o livro, mas essa é a primeira resenha que leio.
    Se eu já estava interessada, agora fiquei mais ainda.
    Ele realmente parece ser bom! rs

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Uau que livro instigante e essa frase do final me deixou ainda mais curiosa. Nunca tinha lido nada sobre esse livro, mas quero ter a chance de lê-lo um dia e que seja logo. Ele tem um enredo interesse e que promete muito.

    Beijos
    Caline
    http://mundo-de-papel1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá Cida.

    Estava muito curiosa quanto a esse livro por conta da capa mesmo, mas estava com receio pois não sabia se seria uma boa investida. Sua resenha me deixou instigada a comprar, estou super curiosa.

    Se puder siga,
    Irradiando

    ResponderExcluir
  10. Oie Cida =)

    Ain!!! Só de ler a sua resenha esse livro já me deu medinho rs... Não gosto muito desse estilo de leitura, pois como só tenho tempo de ler a noite a probabilidade de eu ter algum tipo de pesadelo com a história é muito grande rs...

    A narrativa e a construção da história em si parece ser bastante instigante, mas eu pulo essa =D

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida!
    Uma ótima sacada da autora misturar a bipolaridade da garota com uma suspeita de manifestação sobrenatural, o leitor fica sem saber o que é real e querendo descobrir qual é a verdade junto com a protagonista! Adorei a resenha, me deixou curiosa =)
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  12. Oi amiga adorei o enredo do livro bem sinistro, e é preciso uma escrita bem legal por que livros como esse pode se perder na história, nunca li nenhum livro da jangada então esse será o primeiro!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles tem ótimas publicações, não lançam muitos livros por mês, mas sempre tem algo bem legal.

      Excluir
  13. "E não é série" adorei o aviso final, a história parece ser super interessante.
    Eu já tinha visto uma resenha, e já tinha ficado com vontade de ler... Agora com certeza vou fazer isso!
    Quero saber mais sobre a história da Rinn rs
    Beiijos,
    Paula
    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Amei a resenha!! Vou querer ler o livro ... <3
    Beijos,
    Bia
    http://blogestantemaluca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida!
    Primeito gostaria de falar que esta capa é linda e maravilhosa né? Já tinha visto ela em um video de caixinha de correio, mas não conhecia a história. Porém, ainda bem que vim aqui e passei a conhecê-la. ME ENCANTEI pela premissa, sério. Essa coisa de bipolaridade misturada com sobrenatural. Ficção. Fica até meio difícil definir um gênero para livros desse porte não é?
    Adorei com certeza vou apostar nele. Adoro esses romancinhos cheio de carinho que com certeza verei entre ela e Nate *-*

    Beijos
    Jéssica
    http://www.bestherapy.net/

    ResponderExcluir
  16. Já ví que esse livro é um misto de gêneros, tem um pouquinho de tudo, romance, sobrenatural, drama... Acho que vou gostar disso.
    A capa dele é realmente maravilhosa!

    ResponderExcluir
  17. Eu fiquei bem animada com essa resenha, principalmente porque eu amo livros que misturam diversos gêneros, e fiquei super feliz de saber que não uma série. Necessito urgentemente.
    Adorei a Resenha
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. É a primeira vez que ouço falar desse livro e me surpreendo. 'Atormentada' é um livro cheio de mistérios, aos quais estou curiosa para descobrir. Afinal, porque o fantasma na piscina não atacou Rinn? Quero saber!

    ResponderExcluir
  19. É a primeira vez que ouço falar desse livro e me surpreendo. 'Atormentada' é um livro cheio de mistérios, aos quais estou curiosa para descobrir. Afinal, porque o fantasma na piscina não atacou Rinn? Quero saber!

    ResponderExcluir
  20. Hey
    Ah eu recebi esse livro, mas vi poucos comentários sobre ele.
    Fiquei super feliz com sua resenha positivas
    HAHAHA eu também curto as cidades no meio do nada, acho que dá um clima de mistério!

    Tadinha da protagonista =/

    Parabéns pela resenha.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  21. Oi.

    Primeiro não fui muito com a cara da capa. rs Mas o livro deve ser muito bom, por sua resenha. hehhe já quero.

    Beijos Fê :*
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oie amiga
    A capa é muito linda e depois de ler sua resenha gostei muito da proposta do livro e pretendo ler esse livro sim.
    Uma história instigante e forte.
    Parabéns pela resenha. Beijos

    Jéssica - Leitora Sempre
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  23. Oi, Cida!
    Eu vi a capa numa foto de alguma blogueira e achei instigante.
    O tema abordado é bem diferente, né?
    Eu curti muito sua resenha e to agora doido pra ler!
    Beijos
    Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas é um livro que empolga, eu estava carente de algo assim, leitura fluida, trama bem feita.

      Excluir
  24. Depois da sua resenha só posso dizer "Necessito do livro pra ontem" haha e olha que nem curto cidadezinhas tão estranhas assim :P Algo me diz que ela não é tão bipolar quanto pensa que seja, mas também fiquei na dúvida para saber se tudo é real ou não rs e ainda tem um romance fofo. Me ganhou o livro, já foi pra lista.

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  25. Adoreiii!!! Fiquei super curiosa pra saber se o que acontece protagonista tem a ver com a bipolaridade... Quando comecei a ler identifiquei uma realidade, porque conheço pessoas com o transtorno. Muito inteligente...

    ResponderExcluir
  26. Curiosamente esse livro já havia me seduzido pela capa. Amo livros com capas que envolvam água. E a sua resenha agora me deixou aflita de vontade de querer lê-lo. O que faço? kkk Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  27. eu sou muito desconfiada então livros onde as pessoas não falam a verdade e tem muitos segredos logo me divertem porque eu viro totalmente uma investigadora e como faço direito é um prato cheio para minha pessoa u.u
    Eu amei a capa, esse livro também me pegou pela capa já que eu não conheço a autora, mas pelo o que vi em sua resenha é do estilo que gosto. Já está na minha estante!

    ResponderExcluir
  28. Adorei conhecer esse livro. Eu já li um livro que fala sobre alguém com transtorno bipolar mas que não tinha nada de sobrenatural, que eu simplesmente amei! Espero gostar desse tanto quanto ele :)

    ResponderExcluir
  29. Cara, tô louca nesse livro. A começar pela capa, perfeita!
    E essas coisas de mistério, de segredos, são bons demais (se o escritor souber trabalhar com isso).
    E ainda tem a bipolaridade, que vai com certeza deixar tudo mega confuso, então, claro que vou gostar desse livro! hahaha
    Espero conseguir ler em breve.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!