[Resenha] Limiar

Limiar
Título Original: Between
Autor (a): Jessica Warman
Editora:  Galera Record      Páginas: 392
Lançamento: 2013      ISBN: 9788501091406



Liz Valchar sempre teve tudo o que poderia desejar. Dinheiro, beleza, um namorado perfeito e, agora, uma festa de aniversário no iate particular, na companhia de seus cinco melhores amigos. Mas quando ela acorda no dia seguinte, percebe algo errado. Boiando na água, bem ali, entre o barco e o cais, está o corpo de uma adolescente. Ao observar melhor, Liz percebe horrorizada, que aquele é o seu corpo.  E que ela está morta. A única companhia dela é Alex, um menino que morreu um ano antes em um acidente de carro. Juntos, tentarão solucionar o mistério da morte dela, reconstruindo seus últimos dias de vida. Um thriller psicológico completamente instigante que explora inúmeros aspectos da natureza humana.




Existe uma verdade entre a vida e a morte?

A primeira vez que vi algo sobre este livro foi quando recebi a newsletter da Editora Galera Record, logo fui atraída pelo enredo cheio de suspense e mistério. Gosto de histórias com mortes suspeitas e de seguir pistas para tentar desvendar um crime, isso é comigo. Então vamos ver como foi minha experiência em Limiar.

O livro começa com a jovem Liz Valchar acordando no iate da família por causa de um barulho, ela acredita que algo na água ficou preso no iate e está batendo em seu casco, ela levanta de madrugada e vai ver o que é, mas não é um peixe, ou entulho, é na verdade um corpo, mais exatamente o seu corpo. Mas como ela pode estar no mar afogada e no iate, ao mesmo tempo, olhando para si? 

Quando corre para pedir ajuda, percebe que ninguém está lhe vendo, e assim logo percebe o óbvio, está morta e virou um fantasma. Pelo menos não está só, vagando com ela, temos Alex, um outro jovem das redondezas que morreu em um atropelamento suspeito. Por quê ambos estão ali? Por quê ambos se encontraram após suas mortes?

Em momento algum eu acreditei que a morte de Liz e de Alex fosse acidental, e com este pensamento, mergulhei na trama. A cada página, eu ia analisando as atitudes dos personagens e escolhendo meus suspeitos, mas a grande pergunta, sem dúvida, era a razão da ligação de Liz e Alex.

Na verdade, é a morte de Liz é que vai ser investigada, pois a morte de Alex já é coisa do passado, no entanto, existe um ponto em comum em ambos os casos, mas isso nem mesmo eles dois imaginam. Pelo ponto de vista de Liz, que é a narradora, vamos então seguindo os fatos que antecederam o dia de sua morte, mas não é apenas uma questão de dias e horas, é uma total viagem em toda a vida da garota, dos dias de sua infância até a adolescência, pois cada ato seu, foi responsável pelo seu triste final. E o pior de tudo é que ela esqueceu sua vida, todas as suas lembranças desapareceram. Eles são fantasmas com capacidade de voltar no tempo e assistir suas vidas.

É divertido ver a evolução da ligação de Alex e Liz, ele no começo odiava a garota, mas nestas idas e vindas, entre o presente e os flashes dos passado, ele acabou criando uma certa simpatia pela garota, e ela, aprendeu com Alex coisas que em vida não teve oportunidade. Uma pena , eles não terem tido oportunidade de interagir antes, teria sido uma experiência e tanto, embora, quase impossível de acontecer na realidade em que viviam, ela a menina rica e mimada, ele o jovem humilde, de família muito religiosa e extremamente tímido.

O começo do livro foi complicado, demorei para aceitar o jeito de ser da protagonista, pois a apresentação de Liz nos mostra uma garota fútil, cansativa e muito egocêntrica. Liz é detestável, e me fez achar que mereceu o fim que teve. Sua determinação em ressaltar seus "amigos" e sua popularidade, como era amada e idolatrada, só me faziam acreditar que sua vida era muito vazia, e ela repetia tudo isso na esperança de ser verdade, no entanto, ela acreditava mesmo nisso, e esta foi sua perdição. 

Mas passada esta fase inicial, vamos vendo Liz passar por uma mudança, não que eu tenha caído de amores por ela, mas conforme vamos acompanhando sua busca por respostas, entendemos que este seu caráter defeituoso, foi culpa de uma criação problemática, sem nenhuma base. Ela na verdade, era uma garota solitária e carente, que encontrou na futilidade e frieza, uma forma de defesa.

Eu não estou justificando suas atitudes ridículas e maldosas, que não vou detalhar aqui pois seriam uma revelação do mistério da trama, mas entendo em partes, pois a falta de uma orientação e educação vinda dos pais prejudica muito o desenvolvimento de um jovem. Imaginem, no caso de Liz, o quanto ela era perturbada, tendo sido criada por uma mãe com distúrbios alimentares, que lhe fazia passar fome desde criança. Não dá para odiar a menina, sua situação acaba nos tocando.

Podem perceber que o livro não fica preso somente na parte de suspense, há muito mais em seu enredo, o crime é apenas o pontapé inicial para nos levar para dentro de um mundo de relações familiares problemáticas, amizades doentias, depressão, traição, dinheiro, falta de amor e auto-estima. Um mundo de jovens corrompidos por superficialidade, futilidade e drogas. A autora, de forma sutil, inseriu dentro de sua história uma grande crítica social.

Se pensarmos pelo lado mais místico, temos até a questão de termos uma missão na nossa vida e que quando não cumprimos vivos, é necessário que isso seja resolvido antes de partir totalmente. Até mesmo a redenção é trabalhada aqui. Eu não acredito em fantasmas, nem em espiritismo, mas quem crê, vai achar interessante esta abordagem no livro.

Mas o foco é descobrir o quê causou a morte de Liz e qual sua ligação com Alex, algo que bem antes do desfecho, eu já sabia, mas mesmo assim queria ver o que iria acontecer com cada personagem desta trama. Eu amei alguns, detestei outros, e tive vontade de matar outra metade. A autora criou personagens reais, que mexem conosco, que não nos deixam indiferentes em nenhum momento. 

Enfim, mesmo tendo seus clichês de típica realidade americana, é uma história que prende, eu não conseguia largar o livro, a questão de perda e aprender com erros está intrínseca no enredo, mas mais ainda, a questão de amar e estar presente por seus filhos, sempre, mostra-se mais do que nunca fundamental. Eu agradeço muito por cada puxão de orelha que minha mãe me deu, pois sei que foi tudo por amor, e nunca me senti uma pessoa solitária e abandonada como Liz Valchar.

Limiar mexe com você, pode ter certeza disso.



Comentou? 
Então não deixe de participar do Top Comentarista aqui.




2leep.com

33 comentários:

  1. Oi Cida,
    confesso que a capa não me chamou atenção para o livro, mas lendo sua resenha ele parece ser bom, mas vou pesquisar mais para ter certeza que vou gostar rsrs

    bjs

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olha pela capa eu não iria comprar não, mas como não li nada a respeito do livro deixei para lá. Não imaginei que o livro poderia ter uma trama dessas. Educação é tudo, dou graças também a minha mãe por cada sermão que ela me dava.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi flor, a história parece realmente boa!
    Gostei da sua resenha!

    Bjoooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei da capa, acho que a record arriscou pra bem fazendo algo diferente, e a história também me chamou atenção, tipo acordar e descobrir que você morreu, me parece um ótimo começo! hahaha

    Paola
    uma-leitora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa eu vi uma resenha desse livro acho que no blog Psychobboks e adorei, e agora aqui então..... Nossa, agora sim estou super ansiosa para ler o livro
    Adorei a resenha, o livro já entrou na minha wishlist *--*

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. eu percebo que vc gostou, mas eu não me vejo lendo-o!

    ResponderExcluir
  7. A história é realmente fascinante, amo histórias com crimes para serem desvendados e pistas para serem seguidas, gosto também de histórias familiares onde aprendemos valores muito importantes. Limiar simplesmente faz uma junção de tudo, estou apaixonada por esse livro.
    A resenha está maravilhosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oii!!
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro. Mas a personagem me deixou curiosa, bem complexa ela.
    Gosto de livros assim, com situaçõese personagens bem reais.
    Beeijos

    Elidiane
    Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  9. Nossa que legal a história,já tinha visto no site da Galera Record mas não havia me interessado,bem que minha amiga queria ler!
    Beijos
    http://teenagersblogofficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

  10. Limiar foi apresentado para mim como um livro chato, então já fiquei com o pé colado ao chão. rs. Mas apesar de ser uma história bem clichê - como você disse - acho que eu teria prazer em lê-lo. Sabe, tem umas histórias bestinhas que são legais para distração, e as vezes entre as leituras densas é isso que procuramos. Espero que tenha a oportunidade de ler algum dia.

    Beijos, Cida linda.

    Beijos, @clicandolivros
    http://clicandolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida,

    Essa é a primeira resenha que leio do livro, confesso que olhando de cara não esperava um história assim.
    Gostei bastante e vou anotar a dica aqui pra uma leitura em breve.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  12. É engraçado esse sentimento que temos pelos personagens, acho que não iria curtir muito a personagem principal, mais gostei do clima de mistério e detetive..
    Gostaria de ler..
    Beijo Mila

    ResponderExcluir
  13. Oie, vim visitar.
    Essa capa me deixou com falta de ar!!
    Mas, gostei da resenha e quero ter oportunidade de ler.
    Beliscões carinhosos da Máh :)
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  14. Hey!

    Nunca tinha escutado falar do livro, mas ele me pareceu uma daquelas leituras imperdíveis. Gostei muito de alguns pontos que você destacou, e espero não odiar a protagonista, porque sempre que isso acontece comigo prejudica minha leitura.

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Já quero ler pra ontem! HAHA
    Esses suspenses, ai.. primeira resenha que li sobre, nem imaginava que a história era assim.

    Resenha ótima Cida!! Se eu soubesse teria caçado na Bienal

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  16. Pela capa e pelo título talvez não me interessasse em ler. Mas gostei da sinopse e mais ainda da sua resenha.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  17. NOOOOssa q historia interessante.. a sinopse me lembrou o começo de vida e morte de charlie... acho q vou chorar nesse livro kkkkkkkkkkk mas gostei!!
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Personagens como você descreveu a Liz me irritam muito, mas quando eles vão crescendo na trama e se tornando mais interessantes eu até gosto.
    Achei interessante mistério sobre a morte da garota... sabe eu faço a mesma coisa que você fez, vou tentando descobrir quem são os culpados antes que a verdade seja revelada. Já tenho até uma teoria para a ligação entre Liz e Alex... hihi
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  19. Esse livro parece ser sensacional.

    ResponderExcluir
  20. Minha flor, quero muito esse livro! Sua resenha despertou em mim mais do que somente o desejo em lê-lo, me fez colocá-lo entre os meus TOP desejados! (rs) São tantas as informações que você apresentou que me questiono o que mais o livro traz! (rs) Eu pensei... "será que ela deu spoilers, porque não é possível dizer tudo isso sem estragar o suspense da obra!?". Então quando cheguei no final da sua resenha, percebi que o livro apresenta SIM novos elementos além de todos esses que você apresentou. :O E foi isso o que me fez desejá-lo mais do que já desejava antes (rs).
    Adorei. Limiar com certeza será lido em breve... (rs).
    Beijos!

    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Para ser bem sincera se fosse pela eu não leria, mas gostei da sinopse e pela sua resenha o livro parece ser realmente muito bom.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Primeira resenha que vejo desse livro, eu não tinha muita curiosidade para ler esta obra, mas a sua resenha me chamou atenção. Eu também gosto de livros que nos levam para desvendar um crime, apesar de não ter lido muito assim ultimamente. Vou anotar a dica para ler depois.
    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
  23. Oi Cida :)
    Adorei a resenha! Já estava de olho nesse livro, mas tava faltando ler a opinião de alguém que acho confiável e agora estou convencida a ler (já que vc é mega confiável e nossos gostos são bem parecidos). E vc sabe, se a história tem mistério já me ganha *-*
    Espero poder ler em breve.
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Amei a resenha, Cida! Me deixou super curiosa. Sinto que não irei gostar da narradora, mas a proposta do livro chamou minha atenção. Além de ter achado a capa linda!
    Gosto de um bom mistério e esse parece ser bem bacana, apesar dos clichês e da personagem chatinha.

    Beijocas, querida.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Eu gostei do enredo do livro, pelo que disse ele não parece fica só no "nhenhe" mistura o suspense com o restante, me interessou.

    ResponderExcluir
  26. Hello,

    OMG, fui super sugada pelo enredo e pela sua resenha li e reli, quero muito esse livro preciso saber o que aconteceu exatamente, porque Alex está com ela e assim vai enchendo minha cabeça de questões. Resumindo preciso do livro (RS).
    Não fui muito com a capa não, acho que ela não se expressa o suficiente, pela capa e título leria o livro.
    Parabéns adorei sua resenha!!!

    XOXO
    Gaby
    http://gabriellasm-1993.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Li esse livro em inglês, mas já faz tanto tempo que já nem lembro muito da história, só lembro que curti. Mas irei reler o livro agora em português, será uma de minhas proximas leituras!!
    mesmo sendo meio clichê, a história prende!
    otima resenha!

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir
  28. Eu viajo na capa deste livro!! Já tinha lido algumas outras resenhas, mas a sua foi a mais "convincente". hahaha
    Adorei a tematica, essa mistura de suspense com um clichezinho basico me agrada.
    hahaha.

    beijos.
    Geeh.
    http://www.livrosdeelite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Quando esse livro foi divulgado, achei a trama bem instigante e intrigante, e com essa resenha, vi que não estava enganada. Deve ser um livro muito bom, apesar da personalidade e das atitudes da protagonista. Mas, espero que tenha havido um aprendizado e crescimento da protagonista, ainda que tardio..... Gostaria muito de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  30. Oie amiga
    É a primeira resenha que leio desse livro e gostei muito da proposta do livro.
    Gosto muito de suspense e mistério, principalmente quando tem mortes envolvidas,pois de tanto assistir séries policiais gosto de tentar resolver o crime.
    Bem, por mais que a protagonista tenha uma personalidade fútil e chata eu quero ler o livro.
    Parabéns pela resenha.

    Jéssica Rodrigues
    Leitora Sempre
    http://leitorasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. A ideia da história me chamou a atenção, acredito que foi bem estrutura para dar a sensação de mistério, inclusive o mistério entre as personagens.
    Gosto muito de trama desse jeito, leio muito rápido, pois fico curiosa.

    Bjs**

    ResponderExcluir
  32. o.O Tentando imaginar a situação de ver seu corpo por aí e perceber que virou um fantasma. Assim como você eu não creio em vida após a morte e fantasmas. Mas, menina fiquei interessada no livro, ainda mais com você falando que queria matar metade dos personagens do livro kkkk é bom, mostra que o livro é intenso. Eu já imaginava que a Liz seria meio metida rs não vejo a hora de ler Limiar agora.

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  33. O inicio da resenha revelou o meu maior medo quando morrer, conseguir me ver morta e tentar falar com as pessoas e ninguém me ver, deve ser desesperador. Gosto quando os personagens despertam sentimentos dúbios como parece ser o caso da Liz. Não gostei da capa do livro.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!