[Resenha] Métrica

Métrica
Título Original: Slammed (Slammed #1)
Autor: Colleen Hoover
Editora:  Galera Record      Páginas: 304
Lançamento: 2013      ISBN: 9788501401861




Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.


Métrica é o primeiro livro da série Slammed da escritora Colleen Hoover, publicado no Brasil pela Editora Galera Record. Os volumes seguintes são Point of Retreat (Slammed, #2) e This Girl (Slammed, #3), e diferente de outras séries do gênero, esta aqui traz o mesmo casal em todos os livros.


Poesia, amor e tragédia.

A cada dia estou mais e mais apaixonada por este gênero de literatura, e quando vi o lançamento, corri e adicionei na lista de desejados. A frase acima está na contracapa do livro, e tanto ela , como o banner promocional de lançamento, nos fazem imaginar o que esta história esconde.



Ao perder o pai, seis meses foram suficientes para tudo mudar na vida de Lake. Sem condições de manter o padrão de vida que tinham no Texas, sua mãe é obrigada a arranjar um novo emprego e toda a família muda-se para o Michigan. Sem ânimo nenhum, Lake encara a nova casa e a nova vizinhança, permanece dentro do carro de mudança, imaginando como vai suportar aquele lugar, mas logo seu irmão faz amizade com o garoto da casa da frente, e para surpresa da garota, ele tem um irmão mais velho, o belo e encantador Will.

Sabe aquela identificação e atração instantânea? Foi assim com Will e Lake, em questão de dias, eles estavam envolvidos. Foi algo rápido, repentino, mas que dava a sensação de certo, de sempre ter existido. Suspiros, toques, sorrisos, olhares, momentos e beijos de tirar o fôlego. Promessas de um amanhã cheio de esperança, que o destino fez questão de destruir, pois ao ir para o colégio, Lake encontrou Will não como um aluno tardio, mas como alguém que não poderia ser seu namorado.

Métrica é um romance lindo, para chorar. Um livro que traz arte em cada página, mesclando música e poesia. Traz uma história inesquecível e emocionante, jovem e madura. A autora inicia cada capítulo com trechos de músicas da banda Avett Brothers, que também são a trilha sonora do casal de amantes, são trechos tão bem escolhidos, que ilustram perfeitamente o que cada capítulo vai trazer, foi algo muito inteligente e de bom gosto.

Quando comecei a leitura, com muitas expectativas, me vi um tantinho desanimada com a velocidade que o casal de protagonistas se envolveu, achei que eles caíram nos braços um do outro muito rápido. Quando então o relacionamento toma um rumo estilo Aria e Ezra da série de TV Pretty Little Liars, eu pensei, "Ah! Não! Isso eu já vi!", fiquei receosa, achei que já sabia o que iria acontecer, mas então percebi que não sabia de nada.

Lake e Will, diferente do casal televisivo, não são superficiais, eles são pessoas marcadas pela tragédia, que mergulharam em seu amor em busca de salvação. A perda recente dos pais, os torna pessoas carentes de amor, que buscam alguém para dividir e conquistar. A impossibilidade da relação é um balde de água fria, que frustrou e mais ainda entristeceu os jovens. Eles sabem que não existe chance de ficarem juntos, Will, que carrega a obrigação de criar o irmão mais novo, não pode arriscar seu emprego, e ficar com Lake significa isso.

Eles encaram a situação de maneira diferente, ele em total aceitação da separação, que me deixou muito brava com ele no começo, querendo reação, paixão, loucura. Lake, no entanto, é diferente, explode, ataca, e mostra que não está contente. Esta diferença dá um toque especial no desenrolar da trama, pois mesmo Will querendo ficar na dele, não consegue, ele importa-se com a garota e tenta amenizar o que ela sente. Assim não há como manter distância, e a passividade de Will dura pouco, ele não é de ferro e não resiste.

Amei Lake, que sabe sofrer, sem ser mártir, sem frescura, e sim lutando pelo que quer, sendo sarcástica e bem humorada. Imatura algumas vezes, mas que cresce muito durante na trama.  Eu também gostei de Will, mesmo querendo bater nele muitas vezes, eu reconheço que sua atitude mostrou maturidade e muita responsabilidade, ele é fofo gente, uma pessoa que preocupa-se de verdade com quem ama, deixando sua felicidade em segundo plano. 

Não pensem que só o casal cativa, todos os personagens são apaixonantes, destaco os irmão de Lake e Will, Caulder e Kel que são os garotinhos mais fofos que já vi e Eddie, melhor amiga da protagonista.

No entanto o romance não é o centro de tudo, Métrica trata também de relações familiares, amizade e perda. A perda e o luto estão muito mais presentes do que eu poderia imaginar, e foi aí que me vi mergulhada em lágrimas. Lake que acreditava que a perda do pai havia sido seu maior desafio, acaba descobrindo que algo pior está por vir, e lidar com isso, preparar-se para sofrer e levar a vida adiante não é fácil, o que quero dizer é que todos nós sabemos sobre a morte, mas aceitar isso é quase impossível. Acredito que muitas pessoas vão sentir certa identificação com o que acontece com os personagens, e isso aproxima o leitor da trama. Mexe com os sentimentos. 

O livro é narrado em primeira pessoa por  Lake, e podemos dividir em três partes. A primeira temos a garota que perdeu o pai, está revoltada e que do nada, encontra um cara lindo, encantador e se apaixona. A segunda parte, é aquela que nem tudo são flores, e o amor perfeito, vira amor proibido, e a nossa jovem protagonista tenta superar isso, entre momentos de tristeza e ódio. E a terceira parte, é aquela que sai do casal e traz todos os outros personagens ao centro de tudo, com todos os seus problemas 

Eu me vi chorando, sem parar, nas últimas cem páginas. Tive que parar e respirar muitas vezes, para conseguir seguir adiante. É tocante ver o amadurecimento dos personagens por causa de sofrimento, de dor, é admirável  ver cada um deles tirando daí esperança e força, pois por pior que seja a própria situação, conseguem ajudar um ao outro.

Mas o que faz desta história algo diferente e único, é a poesia. Sim! Afinal este título não é por acaso, Métrica, que representa um forma de declamar poesia com expressão, tal como uma encenação, de forma cadenciada, dando destaque em certas palavras, como podemos observar nas poesias que fazer parte do livro, conhecido como slam poetry.

As competições de slam fazem parte do enredo, servindo como o lugar para desabafar e desnudar a alma. Ali a história que parecia ser leve, fica intensa e profunda, ao mostrar personagens com almas perturbadas, com vidas complexas, que no dia a dia vestem máscaras, mas no palco, ao declamar sua poesia, tomam coragem de falar o que sentem ao mundo. Eu não sou fã de poesia, mas confesso que ao conhecer o slam, mudei de ideia.

"Ela me ensinou a questionar.
A nunca me arrepender.
Ela me ensinou a ampliar meus limites,
Porque é para isso que eles existem."

" E ele me ensinou que a coisa mais importante de todas...
É enfatizar
A vida." 

Sincero, singelo e sensível, três s de slam. Um livro sensacional, que traz sentimento em cada página e nos toca profundamente. Podem me chamar de manteiga derretida, mas só de relembrar a história ao fazer esta resenha, fiquei toda chorona de novo.







2leep.com

29 comentários:

  1. Meudeus!! Que resenha perfeita!! Você conseguiu traduzir em palavras tudo o que senti, TUDO!! Assim como você meio que me preparei para encarar um romance clichê quando percebi que as coisas não eram como eu imaginava. O que mais gostei foi justamente o realismo dos personagens, todos muito profundos, cheio de marcas apesar de serem muito novos. Tenho um amigo que passou exatamente pelo que o Will passou, com 21 anos ele perdeu ambos os pais e teve que cuidar da irmã mais nova, e ainda se apaixonou por uma menina com quem não podia ficar, então me emocionei demais quando li, porque a cada coisa que lia, parecia estar vendo meu amigo e dividindo o sofrimento com ele. Foi lindo e triste ao mesmo tempo. Agora acho que consigo compreender tudo que ele passou e a obscuridade que guarda dentro de si. Só que ao contrário do Will, ele não conseguiu se levantar e dar a volta por cima, ficou marcado demais. Estou lendo This Girl e estou amando. É a história de Métrica contada por Will só que com várias cenas a mais que deixam nosso queixo cair.. kkk Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi! Foi mesmo um livro bem realista, a isso ajuda muito o leitor ficar próximo. Eu estou muito ansiosa para ler os demais, e gostei de saber que tem um dos volumes pelo ponto de vista dele, afinal ele deve ter sofrido muito também. Bjos!

      Excluir
  2. Eu estava louca para ler esse livro, mas nem fazia ideia que era de uma série. Vou comprá-lo, com certeza, e vou torcer muuuuito para que o segundo livro seja tão bom quanto o primeiro! rs

    Beijos,
    Caroline.
    http://criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ei, :)

    Essa sua resenha só me fez querer ainda mais o livro. Parece mesmo ser um livro bem legal. Quero ler. Ah, não sabia que tinha continuação. Bom saber.

    Abraços,
    Igor Gouveia
    http://www.diariodebordodeumleitor.com/
    (Espero seu comentário lá.)

    ResponderExcluir
  4. Oie :)

    Eu estou totalmente necessitado desse livro, aí você chega com uma resenha de tamanha magnitude e me mata hahaha, apesar de não curtir muito poesia acho que tenho que dar uma chance ao livro pois ele tem muito mais a me oferecer, acredito né, beijos !!!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não gosto de poesia, mas esta conhecida como slam é bem diferente, é muito expressiva e até quem não curte, acaba gostando.

      Excluir
  5. Oie,
    eu não conhecia o livro, mas fiquei na dúvida se iria gostar ou não. Ele deve ser emocionante já que vc caiu em lágrimas, mas realmente fiquei na dúvida.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha, e ela me chamou atenção justamente pelo título, Métrica. Eu escrevo poesia desde os 10 anos, e nunca tinha visto algo como o que você descreveu deste livro. Não sei como alguém foi ter essa idéia antes de mim, mas preciso lê-lo urgentemente! Muito linda a resenha mesmo Cida! Parabéns! Bjs...
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  7. GENTE, EU PRECISO LER ESSE LIVRO. Sério, parece ser muito lindo!!!!!! Isso de slam poetry e a galera que vai ler poesia parece ser muito lindo! <3 <3 Nem sei o que falar................. PRECISO PRECISO PRECISO!

    @mmundodetinta
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br
    https://www.facebook.com/maravilhosomundodetinta?fref=ts

    ResponderExcluir
  8. A primeira vista o enredo desse livro não me conquistou, mas o livro possui pontos positivos , que me interessaram, então quem sabe daqui a um tempo eu decida lê-lo.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Nossa parece ser um livro em tanto. Primeiramente gostei da sinopse, e depois a maneira com que voce resenhou mostra o quanto gostou da história.
    Eu sou muito de chorar em livros também, quase todos..rs
    Gostei do que descreveu quando disse que chorou nas últimas páginas.
    Conseguiu despertar minha curiosidade, está anotado na minha lista.
    Parabéns, linda resenha, Arrasou.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ai meu Deus!
    Que cute, Cida! Pude sentir que o livro te tocou MESMO. Gostei muito da sua resenha, e já havia visto outra por aí, mas a vontade de colocar o livro nos desejados não existia. Agora fiquei com um pouco de vontade! Não muita porque tenho que comprar outros livros de séries e trilogias também, então o $ chora, rs.
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Nossa sua resenha ficou maravilhosa fui logo anotando o livro se possível ele vai ser o próximo que vou solicitar com a editora. Eu amei a sua resenha. Fiquei emocionada já com a sinopse imagina só com a estória toda.

    Beijos ♡
    comoumrefugio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha, Cida! Que forma bonita de contar uma história a autora arranjou, heim? Fiquei encantada!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  13. adorei a resenha, me deixou curiosa para ler esse livro.. Parece ser um livro muuuito bom. Mas pena que é uma série ;x gosto de ler séries quando todos os livros foram lançados aqui, não aguento esperar os lançamentos kkk

    Beijocas, http://meuvicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi,
    Eu não conhecia o livro, fiquei muito curiosa em relação a ele, pretendo ler, mas no momento estou fugindo de séries, vou esperar mais um tempo. Adorei por ter uma relação com poesias.
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Aii nao sei nem o que comentar dessa resenha. Eu já estava vendo muita gente falando sobre o livro, mas ainda não tinha parado pra ler a sinopse. Até porque ando tão sem grana mas minha lista de desejos continua aumentando rs

    Fico aliviada em saber que não sou a única a me emocionar a ponto de chorar de verdade com um livro. Fiz isso antes de ontem com "A culpa é das estrelas".

    Quero muito ler "Métrica" porque tem vários elementos que me agradam, espero conseguir comprar um exemplar em breve *-*

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  16. Resenha simplesmente perfeita!!!!! Com relação a esse livro, só posso dizer que adorei.....Muito tocante e envolvente..... Acho que esse foi um dos poucos livros que me fez vivenciar inúmeros tidos de emoções distintas....Os personagens são ótimos, e não somente os protagonistas, mas os secundários.... Foi de perder o fôlego em algumas passagens.....Estou louca pela continuação......

    ResponderExcluir
  17. Sua resenha me convenceu, eu não tinha muito interesse nesse livro e confesso que desanimo um pouco quando colocam um livro para poder comparar "Se você gostou de tal vai gostar desse". Mas a história realmente me deixou intrigada e as poesias também parecem dar todo um toque ao livro.

    Abraço, Raquel.

    ResponderExcluir
  18. Eu adoro esse gênero de literatura também, e esse livro tem sido tão comentado que fiquei curiosa a respeito dele.

    Adoro quando o casal principal tem essa coisa de "atração instantânea", é sempre tão intenso que é impossível não amar.
    Já fiquei apreensiva quando li "promessas de um amanhã cheio de esperança... destino fez questão de destruir". Fiquei curiosa pra saber o porque, ai li sobre "Aria e Ezra" e imagino mais ou menos já! haha

    Romance lindo pra chorar é comigo mesmo! hahahaha
    Legal isso da autora iniciar cada capítulo com trechos de músicas... bem diferente!

    E que bom que a Lake não é daquelas que fica se fazendo de vítima o tempo todo, gosto de personagens assim... que mesmo com todo o sofrimento, não fica se martirizando e sim luta pelo o que quer.

    Já deu pra perceber que a mensagem do livro é linda, que dá pra se identificar e sentir mil coisas ao mesmo tempo!
    Eu já estava com vontade de ler, agora estou mais ainda!

    Beijos ;*
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. UAU! adorei a resenha e me deixou curiosa, confesso que fiquei surpresa qndo soube que o livro era desse gênero fiquei sabendo em uma outra resenha.

    O que mais me chamou a atenção foi a parte que vc falou da poesia, isso é novidade nos livros de ultimamente, não é algo que costumamos ver

    bjos
    Pah
    dicalivros.blosgpot.com

    ResponderExcluir
  20. Quero ler Métrica embora algumas resenhas tenham dito mal,acredito que seja bom!

    http://teenagersblogofficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oie Cida =)

    Estou morrendo de vontade de ler esse livro! Ele parece conter aquele tipo de história tocante e simples, como você mesma mencionou na sua resenha que conquista nosso coração.

    Linda resenha! Parabéns ♥

    Beijos e um ótima semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  22. Cida, sua resenha ficou maravilhosa! Suas palavras transpareceram toda a intensidade da obra. Não cogitava a ideia de ler a história em pauta, mas agora fiquei bastante curiosa. Amo romances que fazem chorar, suspirar, viver com os personagens... é algo realmente arrebatador.

    Vou pesquisar mais sobre o livro.

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. menina eu to lendo e simplesmente amando acho que vou derramar horrores de lágrimas, a Lake é demais e me diz onde eu encontro um Will pra mim!http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Esse livro simplesmente me encantou!
    Só de ler apenas a sinopse, fiquei super interessada em lê-lo, e com a resenha então... *-*

    ResponderExcluir
  25. Me encantei completamente tanto com a capa, como com a sinopse e resenha do livro!
    Não vejo a hora de poder tê-lo em minhas mãos para ler :)

    Mil beijos :*

    ResponderExcluir
  26. Eu já ouvi muito falar desse livro, mas nunca me interessei em ler nenhuma resenha, porém agora que parei para ler... Eu me apaixonei! Preciso muito dele! É o estilo que amo completamente!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!