{Resenha} O Cavaleiro Fantasma

O Cavaleiro Fantasma
Título Original: Geister Ritteer
Autor(a): Cornelia Funke
Editora:  Seguinte      Páginas: 157
Lançamento: 2013      ISBN: 9788565765107 
Jon Withcroft não estava nada feliz. E quem gostaria de ser mandado para um internato bem quando a mãe tinha arranjado um namorado novo? Pois, quando chegou em Salisbury, o garoto só pensava nos acidentes que o Barba (apelido “carinhoso” pelo qual Jon se refere ao seu grande rival) poderia estar sofrendo e no que seria escrito na lápide dele caso algum escorregão fosse fatal. Até que... na sexta noite em Salisbury, Jon descobre um novo motivo para querer voltar correndo para casa: ele passa a ser perseguido por um bando de fantasmas, que desejava nada mais nada menos que a sua morte. 

O Cavaleiro Fantasma foi um livro que me atraiu logo pelo título, adoro histórias de fantasia e se for de fantasmas, melhor ainda. Sou carente deste tipo de sobrenatural, li muito poucos livros de fantasmas até hoje e não poderia deixar passar esta oportunidade. Foi muito bom também poder conhecer a escrita de Cornelia Funke, autora mais conhecida pela série Mundo de Tinta.

Logo no começo somos apresentado à Jon Withcroft, um jovem que não andou se comportando muito bem. Sua mãe arrumou um namorado e Jon não aceita bem esta nova figura masculina em casa, sente-se totalmente traído pelo carinho que a mãe, as irmãs e até o cachorro dedicam ao Barba (apelido dado por Jon ao futuro padrasto), e sua reação é de total provocação, fazendo sua mãe tomar a decisão de mandá- lo para um internato. Jon atribuí a culpa ao Barba, afinal tudo que dá errado em sua vida é culpa dele. Mas se o menino achava que este era seu maior problema, estava muito errado, pois no internato ele descobre que fantasmas existem e pior ainda, querem acabar com sua vida. Para piorar as coisas ninguém acredita nele, pois só ele enxerga as criaturas. Jon é tido como louco, mas existe uma jovem, que sabe que ele diz a verdade, e será Ella que vai lhe ajudar a escapar com vida desta louca aventura.

Narrado em primeira pessoa por Jon, entramos neste universo em um clima trágico, pois Jon nos apresenta sua situação com o Barba como o próprio fim do mundo. O protagonista tenta nos fazer acreditar que é um injustiçado, um garoto sem lar, sem nada, nem ninguém. Mas o clima não fica triste, pois ele exagera tanto em seu drama pessoal, que a situação ganha ares de comédia. A narrativa toda é bem humorada, mesmo nos momentos mais críticos, a autora soube introduzir nas entrelinhas,  pitadas inteligentes de humor, dando um clima muito descontraído à sua trama.

Cornelia não é uma escritora que segura a história, não prende-se em explicações extensas sobre isso ou aquilo, ela prefere ação em sua trama, e por isso o ritmo do livro é bem dinâmico, tanto que eu achei que fosse ficar bastante tempo vendo a luta de Jon contra os fantasmas e quando vi, a história já estava enveredando por outro caminho. Mas não pensem que faltam detalhes do ambiente, pelo contrário, temos uma visão perfeita dos locais onde a trama ocorre, o cenário nos é apresentado com tamanha maestria, que fiquei com vontade de fazer minhas malas e conhecer Salisbury, na Inglaterra.

Este foi um dos pontos que mais apreciei na trama, pois o local onde tudo acontece existe de verdade, tornando a história mais viva. Outro ponto que achei excelente foi a respeito dos fantasmas, que são personalidades históricas, homens e mulheres que conhecemos por seus grandes feitos em vida e agora podemos imaginar o que aconteceu após suas mortes. No final do livro há um glossário que explica cada personalidade e locais, separando o real do imaginário.

E onde está o cavaleiro? 

Os fantasmas mataram os antepassados de Jon e juraram que acabariam com toda a família através dos tempos, a única chance contra eles é lutar de igual para igual, e para isso nada melhor que outro fantasma. Neste caso Sir. William Longspee, que após seu assassinato, jurou lutar pelos injustiçados. Ao lado de Ella, o menino chama por este cavaleiro, para que o mesmo ajude na luta contra os fantasmas assassinos. Ele torna-se uma arma secreta de Jon e funciona muito bem,  é  com sua chegada que a história acaba tomando outro rumo, e ao meu ver acabou fugindo da proposta inicial. Acabamos tendo duas histórias dentro do livro, uma onde o cavaleiro ajuda Jon e outra onde é o garoto quem irá ser o herói.

Os personagens são bem construídos, porém,em determinados momentos, achei Jon e Ella muito maduros para crianças de onze anos, mas eles divertem, tem uma linda relação de amizade e cumplicidade, cumprem bem seu papel de aventureiros e nos levam à um final empolgante. Eu gostei mais de Ella, por sua ousadia e coragem, fora seu dom de deixar Jon de boca aberta e pernas bambas. O Barba ganha um espaço maior no decorrer da narrativa e vemos que ele é uma cara legal, até mesmo Jon vai ter que dar o braço a torcer. Longspee é complexo, carrega em seu coração muita mágoa e dor, mas acredita piamente no amor e na esperança de um dia descasar em paz.

"Quase sempre os melhores amigos são aqueles que conhecemos nas épocas mais sombrias, pois nunca esquecemos como nos ajudaram a sair da escuridão."

No geral eu gostei da história, mas acho que a passagem de um foco da narrativa para o outro foi um tanto inesperada, a premissa inicial acabou ficando em segundo plano. No entanto, tudo foi bem resolvido e não ficaram pontas soltas, acabei levando um livro dois em um. Quero sim ler mais obras da autora, tenho aqui A Maldição da Pedra e acho que o próximo será este.

Recomendo sim, principalmente para quem prefere narrativas ágeis, divertidas e com um cenário histórico sem ares de sala de aula.


2leep.com

20 comentários:

  1. Oi Cida,
    já ouvi falar desse livro, mas não dei crédito por causa da autora, não gostei da série do Coração de Tinta, mas pelo que você disse esse livro parece ser legal, talvez eu dê uma chance para ele.

    bjo

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    Não conhecia o livro, mas me interessei bastante pelo enredo também gosto desse tipo de estória que envolve fantasia e fantasmas rsrs
    Quase nunca encontro livros que satisfaçam, mas esse parece ser bom.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cida!

    Caramba, vou incluir esse livro entre os meus desejados... Tenho uma grande curiosidade em conhecer as histórias de Cornelia Funke, bem como a série Mundo de Tinta.

    Parabéns pela resenha!

    Beijos,

    Natalia Leal
    http://www.paginas-encantadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Bacana esse livro, tem uma história bem legal e que vale a pena ler. Só que não me deu muita vontade ainda =/
    Só vi resenhas dele e só mesmo..

    ResponderExcluir
  5. Gosto de livros de fantasmas também, principalmente historias assim que lembram aquelas historias que os outros contavam pra fazer medo na gente quando eramos crianças rsrs'

    Fiquei interessada no livro!

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!
    Adorei tudo! A capa, a sinopse e sua resenha. Quero ler esse livro, a autora é a mesma da série Coração de Tinta né? Tenho muita vontade de ler os livros dela.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida! Eu acho que vi esse livro em alguma tag! gostei da capa, mas ainda não tinha lido a sinopse nem resenha, achei interessante embora não seja meu gênero favorito, mas a autora escreve super bem, que bom que a leitura foi boa!
    beijos!

    ResponderExcluir
  8. A história parece ser bem divertida e legal, eu havia visto a capa do livro apenas e não me chamou tanta atenção. Após sua resenha fiquei curiosa. Já li o livro "Coração de Tinta" e gostei bastante da narrativa criativa da autora. Parabéns pela resenha!

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
  9. Oi amiga, eu também amoo sobrenatural! E esse titulo realmente atrai pra quem gosta do gênero.
    Eu não conhecia esse livro e nem a autora em questão, mas pela sua resenha fiquei bem curiosa.
    Vou adiciona-lo a minha listinha, quem sabe, né!? rs

    Beijoos
    Meus livros, meu mundo.

    ResponderExcluir
  10. Já tinha lido algumas resenhas e comentários sobre esse livro e a cada uma que leio descubro algo novo. Sua resenha não foi diferentes e isso só serviu para aumentar a minha vontade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  11. Cenário histórico sem ares de aula? Acho que fui chamada aqui, adoro esse tipo de livro, acho que vou me encantar demais com O cavaleiro fantasma e olha que nem tinha dado muita importância a ele quando vi a capa. Agora vou ter que adicionar ele aos desejados que só aumentam :)
    Beijos, Ju - Céu de Letras

    ResponderExcluir
  12. Eu sou louca para conhecer o trabalho dessa autora, mas acho que vou tentar em sua série mais popular. Gostei da premissa dessa obra, mas parece tão juvenil - e sério, estou cansando deles.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, Cida.

    Amei sua resenha, ficou super completa. ;) Não gosto muito de histórias de fantasmas, ao contrário de você, mas fiquei com vontade de ler esse livro, e isso é façanha da sua ótima resenha. Estou curiosa para conhecer a Ella, gosto de personagens fortes.

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  14. Esse livro parece ser muito bom
    Gostei bastnate da resenha e me chamou atenção

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida, tudo bem flor?
    Eu já li coração de tinta, e gostei bastante da narrativa da autora, mas de fato ela tem uma forma de escrita bem dinâmica. Gostei do enredo e fiquei muito curiosa pra saber o que acontece. Vou procurar.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  16. Cida, acho incrível a quantidade de gênero que você curte ler e como os avalia bem.
    Esse não é um livro que eu leria com muita vontade, sou mais do romance dramática bem clichê... Mas a sua resenha me deixou um tantinho curiosa, não ao ponto de comprá-lo agora, mas se eu o visse em uma promoção compraria para ler numa viagem bem escrota, haha.

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Cida!
    Mais um infanto juvenil \o/
    O que mais me atrai, além da história desse livro, já que nunca li nada de fantasma, é saber que é da autora do Mundo de Tinta!
    Aqueles livros são maravilhosos demais, tenho muita vontade de ler, assisti ao filme e gostei!!!
    E não acredito que você ainda não terminou Garota Exemplar haha
    eu já li Como eu era antes de você e amei, fiz uma resenha já no blog *o*
    Beijos!!!
    Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Sempre quis ler algo da Cornelia Funke! Tenho "Coração de Tinta", mas ainda não li. =/ Estou louca para ler "O Cavaleiro Fantasma"! Parece tão legal.
    Também me incomodo quando crianças agem com MUITA maturidade. Fica cansativo e irreal.
    Adorei sua resenha, Cida! =D

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Adorei saber que os fantasmas são personalidades históricas, um pontinho a mais para eu ler esse livro. Gosto muito da narrativa de Cornelia, já li o primeiro livro da série Mundo de Tinta e curti. Adoro livros em que há muitos outros livros dentro deles ;)

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
  20. Esse livro tá na minha lista de desejados! Quero ler pq adoro livros juvenis desse estilo. Acho que esse lance das crianças serem maduras é um detalhe que não me incomoda.. acho que é normal que elas sejam mais pra frente ahahaha.
    E lugares e fantasmas de gente que existiu? OMG! SUper me interessa!

    Adorei a resenha e vou pedir esse livro na próxima ahahaha

    Bjos!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!