{Resenha} O Beijo da Meia - Noite

O Beijo da Meia Noite - Série Midnight Breed #1
Título Original: Kiss of Midnight
Autor(a): Lara Adrian
Editora:  Universo dos Livros      Páginas: 496
Lançamento: 2011      ISBN:  9788579301957


Um estranho moreno e sensual a observava do outro lado da boate, e foi capaz de despertar as mais profundas fantasias em Gabrielle Maxwell. Mas nada a respeito desta noite – ou deste homem – é o que parece. Pois, quando Gabrielle presencia um assassinato nos arredores da boate, a realidade se transforma em algo obcuro e mortal. Nesse instante devastador, Gabrielle é lançada em um mundo que jamais imaginou existir – um mundo onde vampiros espreitam nas sombras e uma guerra de sangue está para começar. Lucan Thorne despreza a violência de seus irmãos sem lei. Ele próprio um vampiro, é um guerreiro de Raça, e jurou proteger sua espécie – e os humanos imprudentes com quem convivem – da ameaça crescente dos Renegados. Lucan não pode arriscar um relacionamento com uma mulher mortal, mas, quando seus inimigos escolhem Gabrielle como vítima, sua única escolha é trazê-la para o escuro submundo que comanda. Aqui, nos braços do intimidante líder da Raça, Gabrielle enfrentará um destino extraordinário, repleto de perigos, sedução, e dos mais sombrios prazeres…

O Beijo da Meia Noite é o primeiro livro da série Midnight Breed da escritora Lara Adrian, lançado no Brasil pela Editora Universo dos Livros. Mesmo sendo uma série, cada livro é focado em um personagem diferente, ou seja, em cada livro teremos uma história fechada.

O que me levou a começar a leitura desta série foi minha paixão pela série Irmandade da Adaga Negra, de J. R.Ward, ao ver uma recomendação da autora na capa deste livro foi o bastante para despertar meu interesse, afinal dica da titia Ward, como minha amiga Elis carinhosamente chama a autora, deve ser levada em consideração.

Se você já leu IAN não há como não fazer comparações, um grupo de guerreiros vampiros lutando contra uma facção que quer fazer muita bagunça, vestimentas pretas, armas pesadas, uma história que atravessa séculos, sexo, bebidas e muito rock and roll. Muitas semelhanças, que me assustaram no começo, mas passando algumas páginas fui notando também as diferenças.

A narrativa de Adrian não é tão comovente e impactante como a de Ward, assim eu não chorei nesta leitura, pois Adrian é mais piedosa com seus personagens e não parte nosso coração a cada página, ou seja, não sofri dando adeus para personagens queridos. Claro que temos mortes e muito sangue, mas pelo menos não dos mocinhos que nos apegamos.

Em O Beijo da Meia Noite entramos em um universo onde vampiros não são mortos vivos, são na verdade seres vindos de outro planeta, que chegando aqui, tiveram que adaptar sua alimentação, encontrando os nutrientes necessários para sua sobrevivência em um único elemento. Qual?  Sangue humano é óbvio. Esta espécie, formada só por homens, através dos tempos se reproduziu usando mulheres humanas, mas não qualquer uma, somente aquelas com certa marca, sendo conhecidas como Companheiras de Raça. Os vampiros sofrem com uma grande ameaça, o vício de sangue, ou como eles chamam Sede de Sangue, no momento que perdem o controle de sua alimentação, perdem também a sanidade, viram Renegados, e passam a ser caçados pela Raça, ou os grupo formado pelos guerreiros. Seu líder é Lucan Thorne, nosso protagonista da vez.

Gabrielle Maxwell, vai à uma boate com os amigos, na saída presencia os Renegados atacando um humano, ela tira fotos com o celular e leva até a polícia, porém ninguém acredita na garota, pois ao investigarem o local do suposto crime, não há nenhum corpo, nem sangue. Lucan passou antes por lá e limpou tudo. O guerreiro logo fica intrigado com Gab, pois um humano comum não poderia ver os vampiros, ele se aproxima dela para saber mais, porém o que só deveria sem uma simples investigação, transforma-se no maior desafio de Lucan, resistir ao charme de Gabrielle. O guerreiro jurou ter uma vida dedicada a luta por sua raça, onde não há local para o amor, mas será que vai resistir ao charme da garota, justo agora que terá que protegê-la da fúria dos Renegados?

O livro é narrado em terceira pessoa e gostei bastante da forma como a autora conduziu seu texto, a narrativa é ágil, gostosa de acompanhar. Seu universo de vampiros como extraterrestres prova que por mais livros deste estilo que já tenhamos visto por aí, sempre é possível inovar. Aqui os vampiros lutam contra uma doença que os consome, a Sede de Sangue, perigosa tanto para eles, quanto para nós, eles lutam pela sobrevivência de sua espécie. Nossa, choquei como os Renegados tratam os humanos, colocando-nos em jaulas, escravizando, é aterrorizante, mas gostei desta pitada de crueldade.

Os personagens são bem construídos, de maneira a nos enganar num primeiro olhar, Gabrielle no começo não conquista como protagonista, é meio insossa, superficial, mas com o passar da história ela vai se revelando, e percebemos que aquele jeito sem graça do começo é um disfarce para suas emoções. Ela perdeu sua mãe para a loucura, ou assim acreditava, e foi criada por pais adotivos, mas até acertar o lar, passou por momentos bem ruins. Ela a vida inteira foi atormentada pelo fascínio que possuía por sangue, vivia cortando-se, não pela dor, mas por ao ver sangue sentir-se tranquila. Estranho? Muito, mas Gab possui outras peculiaridades, como sua visão para ver o universo vampiro, como se fizesse parte dele. Quando ela começa a se entender, cresce visivelmente, a mocinha, vira uma mulher forte e lutadora, e aí ganha o leitor, torcemos muito para que ela seja feliz e mais ainda, conquiste o coração teimoso de Lucan.

"- Por quê?... Por que está fazendo isso comigo?
- Realmente não sabe? ... Porque te amo, Lucan. E isso é tudo que tenho a oferecer."

Lucan é muito fechado, mas Gab aos poucos derruba suas defesas, vemos que o guerreiro não é tão frio assim, somente muito teimoso. Ele também tem suas fraquezas, e trava uma batalha interna para resistir à Sede de Sangue, é quase certo que ele vá cair de vez, mas aí o amor faz a diferença, mas confesso que não é um mocinho que me arrebatou, achei que faltou um pouco mais de humildade e bom humor nele, o que vi bastante em outros rapazes.

Os outros  guerreiros não são tão abordados, já que a vez é de Lucan, mas deu para conhecer um pouquinho deles, no geral já desenvolvi minhas preferências, que ficam para Dante e em especial para Tegan, e não deu como não lembrar de Rhage e Z (queridos).

O romance no começo é mais atração, não nos passa aquela credibilidade de sentimentos, mas quando o casal mostra suas fraquezas, a guerra se intensifica, tudo muda de figura. Ao aceitar os defeitos um do outro e ver que não podemos viver isolados neste mundo, que precisamos de mãos fortes para nos guiar, ou um abraço para reconfortar, o amor enche as páginas, claro que com muita sensualidade. Lucan e Gab protagonizam cenas eróticas bem detalhadas e picantes, mas não vulgares, pois vemos nitidamente que é culpa do fogo que os consome. Paixão. Atração explosiva.

E o melhor de tudo é o mistério que Lara ainda conseguiu inserir em sua trama, temos um traidor entre os guerreiros, que eu não consegui descobrir quem era, e quando soube fiquei de queixo caído e temos também um líder Renegado misterioso, que tem como foco certo integrante da Raça. Quais os motivos? Foi a pergunta que me fez devorar o livro.

Se gostei, claro, amores tórridos, guerreiros mais do que interessantes, histórias que remontam mais de 900 anos, mistério e muita ação. Não tem uma Virgem Escriba para nos torturar com suas decisões cruéis, mas o dinamismo e vivacidade de Adrian contagiam, de tirar o fôlego. Quem curte IAN certamente vai apreciar esta série também. Estou ansiosa para ler os livros dos meus mais novos queridinhos, Dante e Tegan.

"Gabrielle sentiu o coração acelerar, numa mistura de expectativa e medo, quando ele se afastou da porta e entrou no cômodo. Contemplou-o de verdade, pelo que realmente era: Uma força imortal, uma beleza selvagem, um poder incomensurável. Um sombrio enigma, tanto atraente, como perigoso." 


Série Midnight Breed (publicados no Brasil)

O Beijo da Meia Noite #1
O Beijo Escarlate #2
O Despertar da Meia Noite #3
A Ascensão da Meia Noite #4
O Véu da Meia Noite #5


2leep.com

32 comentários:

  1. gostei. confesso que não conhecia o livro, acho que gostaria pelas coisas que vc descreveu, mas ainda fiquei na duvida xp

    ResponderExcluir
  2. Oie :)

    Não conhecia esse livro mais pelo jeito da sua maravilhosa resenha ele é muito bom, o.oo esses do romances cheios de sensualidade como você mesmo disse me deixam curioso kkkkkk, beijos :D

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  3. Amei a resenha...nunca li nenhum livro dessa autora mais interessante a historia

    ResponderExcluir
  4. A estória é bastante envolvente e os personagens são bem intensos, gostei bastante de Lucan. Só não gostei muito dessa capa, achei os personagens abraçados bem feios e se tivesse só a lua, seria muito melhor, mas isso só é um detalhe.

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida!
    Só ao ler sua resenha, percebi que há semelhanças com IAN.
    Assim como você, eu amo IAN, mas ainda não li essa série. Eu até tenho curiosidade de ler este primeiro livro, só pra ter uma opinião e saber se continuaria lendo ou não a série.
    Há possibilidades que eu goste, mas acredito que não se tornaria mais um favorito.
    Enfim, gostei muito de saber sua opinião e ainda assim, pretendo ler "O Beijo da Meia-Noite".
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!
    Amei a resenha amiga, te indiquei a Ward e agora você me indicou a Lara =D
    Romance sobrenatural hot, amorres tórridos e guerreiros imortais são a minha cara!
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Culpa sua meu amor platônico pelos adagões.Bjos!

      Excluir
  7. Gostei da maneira como a autora retratou a estória dos vampiros e fiquei tentada a conhecer, mais sobre o livro.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida!
    Concordo com você: como não ficar curiosa com um livro que a J. R. Ward indicou? Essa linda, maravilhosa, tia Ward! <3
    O bom é que essa série tem livros fechados, prefiro MUITO quando é assim porque, por mais que eu até possa ter vontade de ler o próximo, eu não fico naquela NECESSIDADE, entende?
    Gostei bastante da indicação!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto Lu, ficamos querendo saber mais dos outros, mas a urgência e ansiedade são bem menores. Bjos!

      Excluir
  9. Não conhecia o livro,
    mas confesso que me apaixonei, acho que foi a capa e o negócio dos romances tórridos :p

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Já havia visto esse livro e o que me surpreendeu foi saber que ele é de vampiros, não sei porque não sabia, devo ter lido e esquecido. A trama parece ser gostosa e envolvente, uma ótima pedida e até mesmo sem ter lido os livros da Ward essa dica não pode ser ignorada! Parabéns pela resenha.

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
  11. Já tinha visto esse livro faz um bom tempo. Não sabia que se tratava de uma série.
    Até que gostei da história, mais no momento não sei se o leria.
    Beijos...

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida !!
    Essa capa não me é estranha... Confesso que adorei saber que se parece um pouco com IAN... Vou procurar mais detalhes e quando tiver um tempinho encaixar na minha lista de leituras :)

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  13. que resenha! muito boa mesmo.
    mas confesso que quando eu li, não curti tanto assim, achei bom, mas não tanto para continuar a ler, pois está dificil acompanhar tantas séries. mas quem sabe um dia.

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir
  14. Oie Cida,
    não conhecia o livro, mas só a capinha já é fofa, adorei a resenha parece ser mto fofo, principalmente por esses quotes

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida!
    Já conhecia Irmandade da Adaga Negra, mas nunca tinha ouvido falar de O Beijo da Meia Noite. Achei sua resenha muito interessante e despertou minha vontade de ler o livro.

    Beijos

    http://oacucareiro.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  16. Apesar dos pontos um pouco negativos que você destacou, eu curti bastante o livro e leria com toda certeza. Essa forma diferente de abordar os vampiros, me fascinou! Adorei a dica, Cida!
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  17. Olá Cida,

    Mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog, apesar de não gostar da capa fiquei com vontade de ler depois da sua resenha....boa dica....abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Cida!
    Nunca li nada dessa autora!
    Fiquei curiosa para ler, parece ser bom mesmo!
    Beijos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  19. Oi, Cida!
    Eu comprei esse livro assim que ele foi lançado aqui no Brasil e não consegui gostar de jeito nenhum. Tentei ler por duas vezes, mas os personagens não me cativaram e eu sinto falta de algo na história que me faça querer prosseguir com a leitura. Vou continuar apenas com os meus queridinhos de IAN!rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Ler Irmandade da Adaga Negra já bastou para que eu pudesse ler tudo da J.R. Ward, Lara Adrian ou Jessica Bird ou qualquer outro pseudônimo utilizado pela Ward, sem ao menos me dar ao trabalho de ler sinopse ou resenha de qualquer livro. Os livros da autora são realmente ótimos..... Em se tratando dessa série, inobstante a inegável semelhança com IAN, também possui algum diferencial, e sem dúvida vale a pena ler.... Achei o enredo extremamente envolvente, viciante e surpreendente em algumas passagens e achei muito interessante a forma de interação dos Vampiros com suas Companheiras da Raça, e a influência importante que elas exercem na guerra contra os renegados, em razão de suas habilidades..... A única coisa que mais me irrita é a demora da editora em publicar os volumes faltantes, principalmente porque desde há muito tempo já foram publicados lá fora......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São muitos livros mesmo, aqui só cinco até agora, é uma pena, resta aos fãs ler em inglês.

      Excluir
  21. Ola, Cida
    Sempre quis ler essa série, cheguei a entrar num book tour, mais o livro não chegar para mim, e comprar agora está complicado..
    Gosto de narrativa ágil e em terceira pessoa é melhor ainda.
    Gostei de Gab, adoro personagens que no inicio não te diz nada, mais que depois é aquela surpresa..
    Adorei sua resenha ^^
    Um dia vou ler esses livros..

    Trechos de Quarta, se der pássa lá..
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Não conhecia o livro e gostei bastante da sua resenha, apesar de não curtir muito histórias de vampiros.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  23. Wooow vampiros de outro planeta ??
    *corre arrumar as malas" xD
    AUAHUAHUA
    Eu não conhecia essa serie mas realmente ela parece ser mto legal e eu tbm amo IAN e realmente lembra algumas cosias!
    Acho difícil outros autores com o dinamismo da Ward, mas assim que possível quero dar uma olhada nesse livro!
    Gostei de verdade mas sinto que vou sentir falta da Virgem Escriba e suas decisões que me matam de ódio xD
    BJoos
    http://chacombolacha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Já v algumas resenhas sobre o livro, uma pena a seérie ser imensa, mas fazer o quê? (aliás, não sei se estou confundindo com outra série). Enfim... Fiquei super curiosa por conta da sua resenha, acho que o livro deve ser bom, claro, melhoras algumas coisas, e os personagens serem mais legais.
    Clicandolivros.blogspot.com.br
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  25. Parabéns pela resenha!
    Não conhecia o livro - ou a série- mas pelo que descreveu fiquei com vontade de conhecer a história!
    Parabéns!

    Beijos <3

    http://sonhandocomlivros.com

    ResponderExcluir
  26. Oi Cida!

    Eu amooo essa série e concordo contigo,não há como não fazer comparações com IAN,mas mesmo assim a autora conseguiu inovar.Eu já li até o livro do Rio e posso garantir que a série fica cada vez melhor.

    Bjos
    www.roubandolivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então ele sobrevive? Bom saber Fabi! Bjos!

      Excluir
  27. Adorei a resenha, e amo histórias de vampiros!
    A capa é linda!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Adorei a sua resenha!!!
    E cara eu já estou ensaiando pra ler essa série já tem tanto tempo. Mas tenho que me desprender de IAN pq senão vou acabar comparando a série toda e não seria justo...

    http://lapiselivros.blogspot.com.tr/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!