{Resenha} As Regras da Sedução

As Regras da Sedução
Título Original: The Rules of Seduction
Autor(a): Madeline Hunter
Editora:  Arqueiro      Páginas: 272
Lançamento: 2013      ISBN:  9788580411416

Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado – um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden. Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível.
As Regras da Sedução, publicado pela Editora Arqueiro, é o primeiro livro da saga da família Rothwell de Madeline Hunter. Como as outras séries de romances de época publicadas este ano pela editora, também terá cada livro dedicado à uma pessoa diferente e com finais fechados.

Existem regras para seduzir alguém? 
Pelo visto sim, e não são poucas, no entanto Hayden Rothwell quebrou todas e tomou Alexia como sua. Uau! De tirar o fôlego, podem ter certeza.

Quando Hayden chegou à casa da família de Alexia, estava cumprindo uma missão bem complicada, encostar na parede o primo da moça, Tim, e dizer que sabia de todos os crimes de falsificação e desvio de dinheiro que ele havia cometido. Hayden  tinha uma dívida de honra com o irmão de Tim, e em nome da amizade e gratidão, não levou o caso à justiça, fato que enviaria Tim para a forca, preferindo assim, dar a chance de devolução do dinheiro.

Como o montante era enorme, Tim faliu, mas ao invés de dizer a verdade, falou para todos que a culpa era de Hayden, e o nobre acabou ganhando inimigos, entre eles, a jovem de belos olhos, Alexia.

Alexia por necessidade, teve que trabalhar para a família de Hayden, mas não tentou em momento algum esconder a raiva que sentia, mas mesmo no meio de tanto ódio, algo mais forte surgiu, a inegável atração entre os dois. Para ela será muito difícil resistir ao charme deste lorde.

Narrado em terceira pessoa, este livro traz uma relação que começa com base em muito rancor e provocação, mas logo envereda pelos caminhos da sensualidade e sedução, nos dando um belo e delicioso romance. A narrativa de Hunter é fluida, bem dosada em detalhes e diálogos, seu texto dinâmico é elegante, dando um charme todos especial às cenas, principalmente nos momentos mais íntimos dos protagonistas, eu não vi apenas sexo, mesmo Hayden e Alexia estando confusos com seus sentimentos, eles faziam amor, em total entrega.

Gostei muito da maneira como a autora desenvolveu seus personagens, ela nos dá um perfil bem delineado não só dos protagonistas, mas de todos. Conhecemos personalidades complexas, que são desvendadas a cada página, algo que enche o leitor de expectativas.

Alexia é uma moça de opinião forte, muito leal à família. Ela foi criada para ser uma dama, mas quando seu pai perdeu tudo, foi obrigada a viver de favor na casa dos primos. Ela toma para si as dores de Tim e não facilita a aproximação de Hayden. Alexia é madura, não temos aqui uma protagonista cheia de fricotes, ela aprendeu com a vida e sabe se colocar em seu lugar, tem uma determinação sem igual, tive dó deste galã em muitas partes da trama, ela coloca o moço em cada situação, que se ele não fosse tão persistente, teria saído correndo.

Hayden é uma graça, um cavalheiro que mantém sua palavra acima de tudo, mesmo que isso lhe custe ficar sem a mulher que deseja. Ele atura toda a raiva de Alexia, firme e forte, e vai tentando dar conforto à moça. A relação de Hayden com os irmãos é muito bonita, ele é o do meio, Christian o mais velho e Elliot o caçula. Todos são homens muito interessantes, e cheios de mistérios, temos aqui belos enigmas para desvendar.

Eu acreditava que o livro ficaria focado apenas no casal, em Hayden tentando fazer Alexia gostar dele, no entanto a trama vai além, pois existem alguns mistérios relacionados à família de Alexia e o desvio de dinheiro. Nosso lorde, mesmo na luta pela mulher que quer, também arruma tempo para investigar estes mistérios, e vemos então os acontecimentos tomarem um novo rumo.

O desenrolar do romance também foi bem diferente do que pensei, o que achei que aconteceria só no final, veio logo na metade do livro e pensei "Já!", e então tudo ganhou ares muito mais desafiadores e divertidos. Hayden e Alexia não entendem o que sentem, eles entram em uma batalha pessoal para entender-se, ele achando que só acha ela bonita; ela acreditando que o odeia e que a atração não é amor, apenas paixão, no entanto a dedicação e respeito que um devota ao outro, mostra um lindo amor crescendo, basta que ambos abram os olhos.

Gostei muito de ter um relacionamento que evoluiu aos poucos, nada é repentino ou infundado, o que temos é um amor sólido e maduro. Alexia foi a que teve que superar mais obstáculos, pois precisou descobrir sozinha a verdade sobre a queda de sua família, foi angustiante vê-la tão perto da verdade muitas vezes, a torcida para que ela saiba que Hayden é o mocinho, não o vilão, foi enorme.

O livro é muito bom mesmo, história bem amarrada, consistente, com humor, mistério e romance. Um livro que agrada todos que apreciam os desafios do amor, e clamam por um final feliz e inesperado. Aguardo ansiosa pelo próximo volume, desta vez com o calmo Elliot Rothwell, que acho que não é tão tranquilo quanto parece.


Próximo livro, As Lições do Desejo.



2leep.com

37 comentários:

  1. Oi Cida!
    Amei a resenha! O livro é muito gostoso, fiquei impressionada com a forma diferente que o romance aconteceu, neste livro a Alexia é a mais teimosa, ela não aceita mesmo o que sente e é quem resiste mais a reconhecer o sentimento. Achei bem legal porque na maioria dos romances de época, essa atitude é mais masculina. Também estou muito ansiosa pelo próximo livro. :)

    Beijos!

    Rafa {Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Rafa, sempre são os homens que ficam na indecisão. Bjos!

      Excluir
  2. Ei Cida,

    Nossa este livro esteve de 10 na promo do Submarino e acabei tirando da sacola alguns, pq não estou podendo comprar muito mesmo com a fila enorme de espera rs.
    Aff, agora arrependi, gostei tanto da historia.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito lindo Nanda, da próxima você não perde a oportunidade. Bjos!

      Excluir
  3. Ahhhhhh eu quero ler,
    Nossa querendo muito esse livro.. Adorei sua resenha,
    amei mais ainda o fato do romance amadurecer aos pouco, algo construído e
    não jogado derrepente nacara do leitor.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Hmmm que delícia esse livro!
    Já está na lista!
    Bjs,

    ResponderExcluir
  5. Hmmm que delícia esse livro!
    Já está na lista!
    Bjs,

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida, tudo bem?

    eu tinha uma impressão totalmente errada desse livro. Mas assim, totalmente MESMO. Depois descobri que ele é um romance de época muito surpreendente, super coloquei Regras da Sedução na minha nada pequena listinha de livros. Espero comprá-lo em breve.

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu amei esse livro, muito bom
    E o casal é apaixonante

    Seguindo e Curtindo aqui ;)

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, acho que vou gostar de ler esse livro, para mim uma evolução gradual como você descreveu que ocorre na relação entre o casal protagonista é muito importante na construção de uma história. E também gosto de histórias onde a moçinha é na verdade uma mulher forte,as vezes a fragilidade de algumas personagens me irrita porque fica muito artificial. Adorei sua resenha. Bjs...
    anna-gabby.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Ain, tenho lido tantas resenhas desses romances que estou ficando louca de vontade de ler um assim. Normalmente esses livros são mais superficiais, bom saber que esse não é assim.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Acho que já falei por aqui, mas vou repetir, amo romances históricos. Mas é meio estranho ter um lado tão erótico em uma época que tudo são as aparências e os costumes. Estou curiosa para saber como a autora lidou com isso.
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida!
    Depois de O Duque e Eu, fiquei com vontade de ler os outros lançamentos de romance histórico da Arqueiro.
    Esse parece ser igualmente bom *-*

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora! Depois do Duque o que mais gostei foi este.

      Excluir
  12. Eu não dava nada por esse livro, já que não tinha gostado muito da capa, mas após ler sua resenha, eu gostei muito do enredo e fiquei com vontade de lê-lo.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Já havia lido uma resenha desse livro e o romance me parece muito gostoso de se ler, apesar da história parece até um pouco clichê ela também me pareceu singular, e não fica só no romance. Eu só não entendi se ele é erótico. A personagem principal parece ser do jeito que eu gosto, que tem opiniões próprias e cheia de atitudes, fiquei cheia de expectativas ao ler sua resenha, espero que quando ler o livro sejam supridas.

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é erótico, tem cenas mais picantes, mas não entra nesse estilo de livro.

      Excluir
  14. Parabéns pela resenha, Cida!
    Tive conhecimento deste livro por estes dias, mas não sabia que era tão bom quanto você disse. Uma história que vai além de um romance, contendo mistério e humor. Gostei!
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Gosto quando a leitura flui, isso é muito importante para qualquer gênero de leitura. Fiquei bastante interessada neste livro amiga, ainda não conhecia, parabéns pela resenha!!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Uau! Acho que vou amar este livro.
    Será o próximo na minha lista de pedidos com ctz ahaha
    Adoro romances que surgem depois do ódio!
    Aii aai, o que fazer com essa linha tênue entre amor e ódio? haha
    beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Ainda não li nenhum desses romances de época da Arqueiro, mas estou muito curiosa. Protagonista sem fricotes já me chamou a atenção kkkk

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oie Cida,
    não conhecia o livro, mas parece ser o meu tipo rsrsrs

    adoro um bom romance

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  19. Olá Cida,
    Romances históricos não são lá, meu gênero favorito, mas dos recentes lançamentos da Arqueiro, esse foi o que mais me chamou atenção. Bela resenha!

    Lucas / Era uma vez
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Amei a resenha e to doida neste livro!!
    Gosto de livros assim, com mistério e romance.. ^^

    beijos mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Não conhecia esse livro, mas não sei se iria gostar da leitura :/

    ResponderExcluir
  22. Oi Cida!
    Esses romances histórico são tão bons, né?
    Eu particularmente adoro. Ao ler sua resenha, percebi que pensamos parecido em alguns momentos, apesar de ainda não ter lido este livro. Acredito que quando realmente ler, terei as mesmas impressões que você.
    Parabéns pela resenha! (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  23. Amei a resenha, parabéns! Além disso eu adoro esse tipo de romance! Sempre me dá aquele friozinho na barriga!

    Beijos :*

    http://sonhandocomlivros.com

    ResponderExcluir
  24. Oi Cida,
    Eu amo esses romances históricos. Li O Duque e eu e amei. Quero muito ler os outros títulos da arqueiro.
    A protagonista deste livro parece ser bem determinada e decidida. Gosto disso rs.
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este é o melhor depois do Duque Joyce, recomendo.

      Excluir
  25. Oi, Cida!
    To ficando meio confuso com tanto romance, família e história diferente rs
    Esse livro parece ser o tipo de romance que eu to precisando ler, que as coisas acontecem gradativamente entre o casal e natural!
    Espero poder ler pelo menos algum desses romances, mesmo que não pegue do primeiro rs
    Beijos
    Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Nossa, ameeei a resenha.. de verdade. Fiquei muito curiosa para ler, gosto de protagonistas com personalidades fortes, maduras. E também me interessei quando você disse que o que você esperava que acontecesse no final já apareceu no meio. Adorei :)

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oi Cida! =)

    Ah, como eu quero ler os romances históricos da Arqueiro! Bom, se Desejo à meia-noite já havia me animado, As Regras de Sedução está me matando de curiosidade. Acho que vou gostar mais desta protagonista, ela parece ser bem mais legal!
    Adorei a resenha, querida!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Adorei a resenha!! O livro realmente parece ser maravilhoso!! Como adoro romances de época tenho certeza que vou adorar esse!!

    ResponderExcluir
  29. Gosto re romance de epoca...e emocionante vc se apaixona com a protagronista rs e torcendo para o casal da certo.......

    ResponderExcluir
  30. Oie amiga.
    Esses romances de épocas estão perfeitos.
    Quero muito ler As Regras da Sedução;
    Desses publicados pela Arqueiro só li O Duque e Eu;
    Parabéns pela resenha;
    Beijos

    Jéssica
    leitorasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Oi Cida!
    Li só os dois últimos prágrafos da resenha, me perdoa?
    Este é o próximo (e último) Romance de Época dos lançamentos da Arqueiro que irei ler e não li resenhas nem a sinopse para poder me surpreender. Mas fico feliz que a avaliação tenha sido 5 estrelas =)
    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  32. Pareço contraditória... não gosto (ou melhor nunca li) romance de banca, mas adoro romance de época! ehehehehhehehe e a Arqueiro mandou muito bem nos lançamentos né?! Adorei sua resenha, o livro parece ser bom mesmo. Bjos!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!