A Mulher de Preto (The Woman in Black)


Autor(a): Susan Hill
Editora: Record
Páginas: 208
Lançamento: 1983
ISBN: 8501093491
"Este é um livro para quem gosta de sentir frio na espinha. 
Não é uma história de terror. 
Também não se trata de um simples suspense. 
É a narrativa de um homem perturbado, cuja história permaneceu oculta sob lágrimas e pesadelos até que, com idade avançada, ele foi enfim capaz de exorcizá-la, repousando-a em um relato que jamais deveria ser lido. 
Até hoje." (Contracapa da obra)


Arthur Kipps, é um jovem advogado, que vive na cidade de Londres. 
Ambicioso, como muitos jovens, deseja prosperar em sua carreira profissional e um dia, vir a ser um dos sócios da firma de advocacia em que trabalha.
Certa manhã ao chegar no trabalho é convocado à sala do Sr. Bentley, seu patrão, que o encarrega de cuidar dos documentos de uma certa mulher, que havia acabado de falecer, a Sra. Drablow, que vivia perto da Passagem das Nove Vidas, em uma casa, no Brejo da Enguia. 
Arthur não fazia ideia de onde lugares com nomes tão exóticos, poderiam estar localizados, nem de que tipo de pessoas e acontecimentos o local era cercado.
Ele está noivo e pensando em casamento, enxerga nesse caso, sua chance de mostrar - se competente e ser reconhecido por seu patrão e poder finalmente oferecer algo à mulher que ama.
Assim, nosso advogado,  embarca em uma viagem que viria a mudar sua vida de forma trágica e marcante, um fardo que ele teria que carregar pelo resto de sua existência.  
Arthur chega em uma cidade pequena, tipica cidade do interior, mas cheia de segredos. 
As pessoas são, em um primeiro momento, receptivas e amigáveis, mas ao tomarem conhecimento do motivo que levou o rapaz até a cidade, recuam e muitas vezes deixam o mesmo, falando sozinho.
O que há de tão perturbador em relação a Sra. Drablow e sua casa no Brejo da Enguia? 
O que é capaz de assustar tanto os moradores daquela cidade, que estes não têm ao menos coragem de falar sobre o assunto com Arthur?
E é durante o enterro de sua cliente, que ele começa a tomar conhecimento do que assombra o local. 
Ao avistar uma mulher totalmente vestida de preto, na cerimônia,e aparentemente vitima de uma grave doença, que a deixa com uma aparência cadavérica, o jovem comenta com o Sr. Jerome, seu guia pela cidade, a  situação de tal mulher e que talvez ela até precise de ajuda para ir embora. 
O que Arthur não esperava, era a reação do homem, ele praticamente quase tem um infarto no local e vai embora o mais rápido possível, sem dar tempo de qualquer outra pergunta.
Sem respostas, Arthur decide iniciar seu trabalho, parte rumo à casa da Sra. Drablow, para organizar seus documentos. Um fato pitoresco, é que a casa além de ficar bem distante da cidade, possui como único caminho, uma estrada que durante algumas horas do dia, fica totalmente encoberta pela maré e torna impossível idas e vindas de qualquer pessoa.
O que mais faz parte do cenário? Bem, temos um cemitério abandonado, um a estrada que quando a neblina se espalha, você pode ouvir gritos de pessoas morrendo afogadas, uma casa enorme, com um quarto que chave nenhuma é capaz de abrir e claro, a Mulher de Preto, completando todo este cenário.
  
O anúncio do livro e da estréia do filme, vieram na mesma época, e foi um livro que fiquei imediatamente tentada a adquirir, tanto que só este final de semana assisti ao filme, pois não queria quebrar a magia do livro.
Apesar de todo o cenário descrito, recheado de mistérios e sombras, o livro não era o que eu esperava. Além de ser um livro pequeno, a leitura é muito cansativa, o lado suspense e terror poderia ter sido explorado de uma maneira mais profunda, e as cenas com mais dinâmica, teriam permitido uma leitura de fazer o coração acelerar, a cada capítulo.
A razão das aparições da Mulher de Preto e suas consequências, não são convincentes, coisa que no filme ficou bem melhor.
A verdade é que o livro não me conquistou.
Esta é minha opinião, mas leiam o livro e tirem suas próprias conclusões.

E vocês? Leram este livro?
O que acharam?
Deixem sua opinião.

Beijos!!!!
Classificação Moonlight Books
2leep.com

7 comentários:

  1. Gostei bastante da resenha, mas so 3 borboletinhas, ;( achei q o livro ia ser 5,rs.
    Tem resenha nova no blog!

    @hyuugamarcos

    http://mundodosmngas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Bem, esse livro tá na minha lista de desejados que só vem aumentando nos ultimos tempos..rs
    Desde que vi o filme, me encantei pela história..mas tbém achei q seria um bom livro. Pela sua resenha, fiquei um kadim decepcionada..rs
    Eu adorei o filme!
    Normalmente, o livro smpre é melhor né? Talvez esse seja o erro...rs
    Resenha impecável....

    Bjs..bjs..(Angela Gabriel)

    ResponderExcluir
  3. Tenho curiosidade de ler apesar de ter visto o filme. apesar de tudo posso me surpreender ou não.

    ResponderExcluir
  4. Vi o filme e não gostei mto do final, mais achei interesante, tomei mtos sustos, fiquei curiosa, quero mto ler (:

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Cida...gostei de sua resenha, engraçado a primeira vista o livro parece assustador, esse aliás foi um dos motivos de não me interessar muito (sou medrosa)...e parece que deixa a desejar nesse quesito, mas apesar de vc ter ficado um tanto insatisfeita acho que vou fazer essa leitura, gostei do enredo..obrigada pela dica...bjs

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da resenha mas confesso que é a primeira que leio, pois não conhecia esse livro. Gostei da capa.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!