[Resenha] Cure Meu Coração

Cure Meu Coração
Título Original: Unbreak My Heart
Autor(a): Melissa C. Walker
Editora: Farol Literário         Páginas: 272
Lançamento: 2015               ISBN:9788582770450
10689571_600857540037102_1602576585765991090_n ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||

Clem é uma adolescente de 16 anos que normalmente não estaria feliz em passar as férias de verão com a família a bordo de um veleiro. Mas, para se manter longe da confusão em que sua vida se transformou, ela prefere aceitar o fato de que, pelos próximos 3 meses, suas prováveis companhias serão apenas seus pais e sua irmã caçula. Em terra firme ela deixa Amanda, sua melhor amiga, de coração partido, rompendo um laço de amizade construído desde a infância. A bordo, tem de lidar com as consequências de suas escolhas e com o sentimento de culpa que a acompanha. Embora tente se isolar a maior parte do tempo, Clem acaba conhecendo James, o garoto de cabelos vermelhos, que junto com Bill, o casal Ruth e George e a Sra. Bigodes, acaba lhe mostrando que é possível curar um coração.

Cure Meu Coração, de Melissa Walker, publicado no Brasil pela Editora Farol Literário, é um típico livro que classifico como leitura de verão. É aquela história que acontece nas férias, banhada de sol e muitas oportunidades, sempre que leio livros com este clima eu penso em ritos de passagem, superação e amadurecimento e, além disso, este livro trouxe algo mais, a ideia de irmos em busca de nós mesmos e de perdão.

Clem e a família estão saindo de férias, irão velejar no Tudo é Possível durante todo o verão, mas a garota não está nem um pouco empolgada, ao contrário, está perdida em um profundo sofrimento, pois no  segundo ano do ensino médio cometeu erros, bem sérios em sua opinião, o que resultou no fim de sua amizade com a melhor amiga Amanda. Durante estas férias ela precisa pensar no que fez, achar um meio de perdoar a si mesma antes de pedir o perdão da ex-amiga.

Foi esta capa linda que logo prendeu minha atenção, esta garota de costas observando o horizonte, me transmitiu a sensação de busca e perda, é como se ela tivesse deixado algo escapar e estivesse ali tentando ver onde foi parar, mas também pode significar seguir em frente, ou seja, é aquela capa que abre possibilidades, assim como a viagem da protagonista.

Clem estava, sem sombra de dúvidas, decidida a ser infeliz, acreditava não ser digna de amor e compaixão, seu erro havia feito com se transformasse em alguém merecedor de desprezo, mas isso não era o que a família pensava, seus pais e a irmã caçula Olive, tinham como objetivo lhe mostrar que não merecia sofrer tanto, eles lhe amavam apesar de tudo e estavam ali para dar apoio sempre.

Eu me sinto como uma versão opaca e desgastada de mim mesma, e por alguma razão não consigo preencher a lacuna entre quem eu costumava ser e a pessoa triste que está sentada aqui agora. Eu não sei como sair disso.

A narrativa em  primeira pessoa,  na voz de Clem, é  envolvente,  daquelas que se revela aos poucos. Você sabe que ela fez algo com a amiga, mas o que e como tudo aconteceu não, é ao fazer esta viagem com ela que vamos sabendo a respeito dos fatos, e claro, vendo com está sendo sua maneira de lidar com isso. Confesso que na minha opinião o drama foi um tantinho exagerado, mas se olhar pelos olhos de uma garota de 16 anos faz sentido, contudo ao conhecer o sorridente e alegre James, até mesmo Clem percebeu que estava exagerando. Ele sim tinha um drama real em sua vida, algo que poderia ter lhe deixado muito deprimido, mas ao contrário de Clem, ele decidiu ser feliz.

James? Sim, um ruivinho muito boa gente e alto-astral, que deu cor e vida ao verão de Clem, pouco a pouco e com muito tato, ele foi tirando a garota daquele poço fundo de auto-piedade, os pais e a irmã não estava sendo bem sucedidos, mas seus esforços aliados a alegria contagiante do rapaz ajudaram.

A trama é bem jovem e exala amor, é impossível não ser tocado pela grandeza deste sentimento durante a leitura, confesso que a relação de Clem com a irmã foi a que mais me impressionou neste sentido, Olive com apenas dez anos vê a vida como uma eterna diversão, e tenta a todo custo transmitir isso à Clem, a garotinha não aceita que a mais velha sofra e fique isolada, ela se utiliza de brincadeiras, peraltices e frases afiadas para trazer a outra de volta. Os pais são divertidos e alegres, sempre dispostos a dar espaço necessários para a filha, mas também impor sua autoridade quando necessário, não de forma a comandar, mas de cutucar e tirar Clem do exílio auto-imposto.

Os personagens são vivos e reais, cativam facilmente, a autora foca mais em Clem, em seus sentimentos e conflitos, mas ainda assim podemos conhecer bem todos os que compõem a trama, são pessoas simpáticas, que dão valor aos momentos belos e simples da vida como um jantar em família, uma conversa ao som das ondas do mar ou apenas comtemplar o por do sol em silêncio. A protagonista ressalta como ficar longe das atualizações de status das redes sociais foi mais fácil do que pensava e como isso permitiu que apreciasse o que estava ao seu redor e vivesse seus dias com menos pressa e mais atenção.

É uma viagem encantadora, com uma trilha sonora única, recomendo que todos embarquem com esta garota à bordo do Tudo é Possível e aprendam a lidar com seus erros da melhor maneira possível, amadurecendo com a experiência. Acredito que Clem tenha finalmente achado seu ponto de equilíbrio e se perdoado, eu não aprovei o que ela fez, foi algo que me deixou incomodada e poderia ter sido evitado. A Amanda não aparece durante a viagem, somente nas lembranças da amiga, eu não sei bem se ela um dia vai perdoar Clem, no lugar dela eu não seria capaz, mas ambas são jovens e é melhor que a mágoa e o rancor não façam parte de suas vidas tão cedo, se possível, nunca. Em suma, Cure Meu Coração é uma história sobre amizade,  perdão, amor e acima de tudo, sobre segundas chances e vontade de ser feliz. 

Curiosidade: A autora já fez a mesma viagem que Clem ao lado de seus pais, a rota de Great Loop.



  




2leep.com

23 comentários:

  1. acho a proposta inusitada e portanto me deixa curiosa! espero me surpreender com uma boa trama! Desde o lançamento estou apaixonada! Quero muito ler e já esta na minha lista de compras em breve!
    Quando der, de uma passada no blog, adorarei sua visitinha!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    não conhecia o livro e confesso que não curti a capa, achei muito simples, mas gostei da sua resenha
    vai para a lista de desejados :)

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida, tudo bem flor?
    Eu não conhecia o livro e fiquei curiosa. Parece ser aquele tipo de livro que aparentemente é simples, mas que tem uma mensagem bem interessante pra passar. E raramente encontro livros cujo um personagem tem o meu nome, a dica está anotada.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    http://amanda-almeida.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá, já tinha lido a sinopse desse livro e fiquei bastante interessada nele, parece ser uma grande história de superação, perdão e tudo mais!
    Gosto muito de livros assim, e como você mencionou, é uma leitura mais tranquila!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida!
    O livro é muito fofo e apesar da inicial tristeza da Clem, a história é leve e passa uma mensagem positiva. Olive também foi minha personagem preferida ao lado do queridinho James. Adorei sua resenha :)
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  6. Oiee

    Gostei da resenha me deixou curiosa pela leitura, li a resenha do mesmo livro em outro blog e a pessoa tinha falado mal do livro o que tinha me desanimado mas agora acho que vou dar uma chance a leitura.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie Cida =)

    Não conhecia o livro, mas a sua resenha me deixou bastante curiosa para. Como você sabe eu adoro personagens mais reais, que nos envolvam e nos emocionem com suas histórias.
    Adorei a dica!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  8. Tô querendo ler desde que vi o lançamento. O livro parece ser lindo e com uma leitura muito agradável. Quero saber o que foi que a protagonista fez, fiquei curiosa. Gosto muito dessa capa também, tive as mesmas impressões que você quando a vi pela primeira vez. Adorei a resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Cida!

    Estou louca para ler esse livro. Ah, ler sua resenha me fez ficar ainda mais curiosa... tanto para saber o que houve - deve ter sido horrível, pois você não aprovou - quanto para acompanhar a viagem de Clem e tudo o que isso desencadeou na história.
    A capa é realmente muito bonita e dá margem a muitas possibilidades, isso é legal! :)
    Adorei a resenha!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Fofíssimo!!!
    Agora sim fiquei com vontade de ler.
    Será que tem alguma pitadinha da autora aí? Já que ela fez essa viagem... será que ela viveu algo assim?? Hahaha. Só curiosidade e especulação.

    Amei a resenha!!!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Também sou louca por capas bonitas e essa me chamou a atenção, adorei sua resenha, bjus

    Daily of Books

    ResponderExcluir
  12. Sabe aquele tipo de livro que te ganha pela capa, que é aparentemente simples, mas com uma complexidade que só refletindo pra perceber? Pois então, foi assim que Cure meu Coração me conquistou, e desde o lançamento dele me vejo em um profundo buraco de curiosidade e aflição que só vai ter fim quando eu finalmente ler o livro. Mesmo ainda não tendo lido, pra mim, é um livro completo: capa linda, estória interessante, personagens cativantes... Tem tudo para ser uma leitura muito boa!

    ResponderExcluir
  13. Fica a lição de que, não importa o que façamos, nós sempre teremos que conviver com as escolhas que fazemos ao longo da vida, sejam elas certas ou não. A vida não acaba por causa de um passo em falso. Precisamos continuar, um dia de cada vez, até superarmos o ocorrido. A questão é que tudo passa. Por mais destruídos que estejamos naquele momento, a vida não vai fazer uma paradinha básica para nos esperar. Vai doer, vamos sofrer, mas teremos que aceitar e aprender com os erros para que continuemos os nossos dias. Simples assim

    ResponderExcluir
  14. Ainnnn :3 que Playlist Amorosa!!! Amei... <3

    Fiquei extremamente encantada, a capa, a forma da autora tratar o erro da personagem não de forma acusatória, A ideia Clem ficar quieta e isolada num canto, é justamente esse sentimento de tristeza que irá fazer ela repensar, e avaliar o que fez na verdade é como um sentimento de culpa. Mais, como você traz na resenha '' Quem nunca errou que atire a primeira pedra'', realmente é muito chato ficar angustiado por algo q se fez, e que não se teve a oportunidade ou no caso por orgulho mesmo a vontade de pedir perdão... A diagramação do livro realmente é ótima,o no desenrolar da história a Clem não estará sozinha por se tratar de uma história que fala sobre amizade, família, amor, perdão, carinho e união, e ainda mais da forma que colocastes na resenha já deixou meu coração bobo , curioso e com muita vontade de apreciar o livro...

    ^o^

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito da história e lendo sua resenha não tem como querer conhecer a fundo a personagem Clem e tudo que envolve essa sua dor pelo mal que fez a amiga. Sempre tem um lado bom que é surgir na sua vida um a rapaz alegre como James que deve dar um encanto especial a trama.
    Beijos
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  16. Olá, está ai um livro que estou morrendo de vontade ler!
    Desde que a Farol anunciou o livro eu estou curiosa, agora depois da resenha eu necessito urgentemente ele! rsrs
    Adorei o blog! seguindo ele :)
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Adorei a capa do livro, pois pelo título, a personagem espera encontrar uma tranquilidade para seu coração.
    A resenha está maravilhosa e me deixou muito curiosa sobre o que possa ter acontecido na vida de Clem.
    Obrigada pela resenha!

    ResponderExcluir
  18. Oii :D

    Você conseguiu fazer eu ficar com mais vontade ainda de ler esse livro *-* , vou colocar ele entre os primeiros livros que eu preciso comprar ;)

    beeijos :*

    ResponderExcluir
  19. Gente que capa mais linda! Amo livros onde os personagens sofrem problemas tão reais e intensos quanto aos que vivenciamos em cada fase de nossas vidas. Eu particularmente gosto de livros com adolescentes. Fiquei curiosa sobre a família dela, das amigas e o ruivo. Já para a lista.

    Beijos!
    Viviane Gonçalves
    vsg_caue@hotmail.com

    ResponderExcluir
  20. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela capa e sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história, amei a Playlist.

    ResponderExcluir
  21. A história promete muito romance e inocentes. Vejo que muitos vão se reconhecer aqui. Creio que vou amar. Valeu!

    ResponderExcluir
  22. Cida!
    Fiquei emocionada só em ler sua resenha, acredita?
    Gosto de livros que nos fazem refletir sobre nossos sentimentos e atitudes, sempre aprendemos mais e esse pequeno drama, parece totalmente enternecedor.
    Sem contar que amei a playlist, fantástica.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Assim como vc fiquei logo presa pela capa do livro, amei saber que é tipo uma história de verão, bem do jeito que eu gosto. Amo livros sobre reflexão e já vi que esse é mais um livro que PRECISO ler antes de morrer!!!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!