[Resenha] O Fio

O Fio
Título Original: The Thread
Autor: Victoria Hislop
Editora: Intrínseca    Páginas: 368
Lançamento: 2013     ISBN:  9788580572988



Tessalônica, 1917. No momento do nascimento de Dimitri Komninos, o fogo devasta a cidade multicultural onde cristãos, judeus e muçulmanos convivem lado a lado. Essa é a primeira das muitas catástrofes que modificaram o lugar para sempre, enquanto a guerra, o medo e a perseguição começavam a dividir o povo. Cinco anos depois, a jovem Katerina foge para a Grécia quando sua casa na Ásia Menor é destruída pelo exército turco. Ao se perder da mãe em meio ao caos, ela acaba em um navio cujo destino é desconhecido. Desde esse dia, as vidas de Dimitri e Katerina se entrelaçam: entre si e com a história da cidade. Tessalônica, 2007. Um jovem ouve a história de seus avós pela primeira vez e percebe que precisa tomar uma decisão. Por muitas décadas, o casal guardou as memórias e os tesouros de pessoas forçadas a abandonar sua terra natal. Agora, o rapaz terá que escolher entre deixar a cidade ou permanecer ali e fazer de Tessalônica sua casa. Fruto de uma pesquisa meticulosa, O fio tem como cenário a tortuosa história política da Grécia no século XX. Uma narrativa emocionante que une amor e história ao contar a saga de duas famílias na segunda maior cidade grega.
Um fio para tecer e unir vidas.

Acostumado a passar seu tempo com os avós, Dimitri não imaginou que naquele dia ouviria a história de suas vidas, uma história que teve seu início em 1917 e no ano de 2007, ainda estava mais viva do que nunca.

Quando o casal de velhinhos começa a contar sua vida ao neto, somos nós que viajamos e passamos a conhecer uma realidade tão distante de nós em termos geográficos, mas ao mesmo tempo tão próxima em questão de emoções. 

Em 1917, a cidade de Tessalônica foi marcada por um grande incêndio, algo de proporções catastróficas, que destruiu não só propriedades, mas também toda a vida de sua população. A cidade ficou em ruínas, e teve que encontrar nas cinzas força para recomeçar. É neste cenário que nossa história começa, ou melhor, a história de Dimitri e Katerina, dois jovens que viveram em tempos de crise, tristeza e guerras, mas mesmo assim, encontraram em suas vidas, espaço para o amor. 

Na Tessalônica nasceu Dimitri, o filho de um grande comerciante de tecidos. E foi aqui, que Katerina encontrou abrigo depois de ser expulsa de sua terra natal. Uma cidade, que assim como toda a Grécia, era formada por pessoas de várias partes do mundo, gregos, judeus e muçulmanos. Uma grande diversidade cultural, formando uma colcha de retalhos humana. 

O Fio é um romance histórico sem igual, sua narrativa rica em detalhes é visual, dando a impressão ao leitor, de estar sentado frente a tela de um cinema, assistindo um filme. Foi o primeiro livro que li que trouxe a Grécia como um cenário caótico, e não como um paraíso para lua de mel. A autora constrói sua história, dentro da História, pois dá vida aos seus personagens em meio a fatos verídicos, como as duas grandes guerras mundiais e a guerra civil grega. Destaco a invasão dos alemães na Grécia, eu não tinha conhecimento da evacuação dos judeus neste país, e nem da grande população que vivia lá.

O ritmo do livro é lento, mas não no sentido de ser cansativo, e sim de ser algo para sentir e saborear pouco a pouco, com seus aromas e texturas, precisa ser apreciado lentamente, pois só assim temos como absorver melhor sua mensagem. 

A riqueza cultural deste livro é enorme, mesmo sendo ficção, a autora foi muito cuidadosa em suas pesquisas e conseguiu nos dar uma visão única das tradições e costumes deste povo. É tudo muito diferente do que estamos acostumados, eu particularmente fiquei impressionada com a importância da arte da costura na sobrevivência do país. 

No começo eu não imaginava onde a história iria chegar, eu imaginava algo simples, mas a profundidade que encontrei conforme ia virando cada página me deixou surpresa. Não é só o fato de mesclar a realidade com ficção, o mais impressionante são as personalidades de cada personagens, pessoas tão intensas, tão marcantes, que não há possibilidade de ficar indiferente frente a cada um deles. São pessoas que tiram força de onde você imagina que não exista mais nada, gente sofrida, marcada por perdas, mas que nem por isso esqueceu a bondade, a solidariedade e o mais importante, a verdadeira amizade, sem preconceito, sem interesse. 

O casal Dimitri e Katerina é bem fora dos padrões, pois não fica lutando contra tudo e todos para viver seu amor, pelo contrário, eles lutam por tudo e por todos, antes de renderem-se a sua paixão.

Ele, primeiro teve que lidar com os conflitos familiares, sua delicada relação com o pai e suas enormes diferenças. Dimitri foi o filho que até certa idade ficou calado ao invés de impor suas vontades, mas um dia, tomado por seu idealismo, saiu de casa e lutou numa guerra por uma mundo melhor, por um mundo mais igual, abrindo assim mão de sua fortuna, por um bem coletivo.

Ela, não tão destemida, lutou por sua sobrevivência e pela família que a recebeu quando perdeu tudo, mas mesmo em menor escala, fez a diferença. Katerina, a jovem e talentosa costureira, com suas linhas e agulhas, teceu sua própria trajetória.

Amadurecidos e vividos, eles finalmente puderam descobrir o amor. Amei este casal, tão determinado e sincero, mas confesso que gostei mais dela, Katerina comove com sua doçura, sua vida tão difícil nos toca, eu senti tanta pena dela em certos momentos, que tinha vontade de trazê-la pra casa. 

Eu não vejo Dimitri e Katerina como os protagonistas, na verdade todos os personagens têm um papel importante na trama, mas não deixam de ser coadjuvantes, na verdade o centro de tudo, e assim a protagonista de O Fio é a cidade de Tessalônica, que foi marcada por fogo e sangue, viu seus filhos nascerem e partirem, mas permaneceu firme, até os dias de hoje, para encantar e nos contar sua história.

Sinceramente, este não é um livro que possa ser descrito em uma resenha, sua história é densa demais, e muito viva para poucas palavras. Gostei muito mesmo do trabalho da autora, que consegue passar humanidade em suas palavras, quero muito ler outros livros dela e ver ser esta sensação de proximidade e ligação com os personagens vai se repetir. 


2leep.com

43 comentários:

  1. Olá!!

    Eu não conhecia esse livro e... UAU! Fiquei encantada com essa estória. Parece ser daqueles que te pegam para nunca mais largar!

    Já vou marcar no skoob como desejado. -rs

    Beijos,

    Samantha Monteiro
    Word In My Bag
    http://www.wordinmybag.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Samantha! É sim um livro que te pega, tal a força do enredo, você não consegue ficar indiferente ao que está acontecendo.

      Excluir
  2. Oie ;)

    Nossa pelo jeito o livro é muito bom hahahaha, as vezes encontramos livros que não podem ser descritos em uma simples resenha não é ? beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  3. Uau, parece ser uma história bem interessante mesmo! Fiquei curiosa! :)

    tatimunhoz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Achei interessante o livro ser muito denso, com uma narrativa para ''ser vivida'' que traz humanidade. A narrativa deve ser muito boa, mas o enredo não fez muito o tipo de livros que eu gosto de ler. Mesmo assim achei o livro legal, ainda mais que tem detalhes essenciais.. Gostei da resenha :)

    Abraços
    www.entrepaginasdelivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Sinto clima de Guerra Mundial? Acho que sim!! rsrs Amo essa parte da história (quase) tanto quanto amo livros mas acho que dever muito denso mesmo, pois é uma época difícil. Achei interessante seu ponto de vista sobre a protagonista, já livros que eram mais ou menos nesse rumo... contava a história de uma família para na verdade narrar a história de um povo em guerra.

    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  6. Que resenha linda, amei, faz tempo que tenho vontade de ler esse livro! Só não me recordo, ele tem continuação ou é uma história independente? Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi! Não é série, mas a editora tem mais livros dela.

      Excluir
  7. Oi Cida,
    acho que não iria gostar muito desse livro e confesso que a capa tb não me chamou atenção.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie Cida =D

    Não imaginava que o livro era assim. Eu particularmente até gosto de histórias nesse estilo. Elas me emocionam bastante e me fazem refletir um pouco sobre a vida. Tudo bem que depois me deixam com aquela ressaca literária, mas se o livro for bem vale a pena rs...

    Parabéns pela resenha!

    Beijos e um ótima semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Oi, Cida >< Amei demais esse livro. É como você disse: parece um filme. Me senti numa aula de história, pois não conhecia também os fatos que a autora usou, e olha que não curto história e adorei esse livro com todos acontecimentos reais. Discordo de você sobre o ritmo, eu achei super acelerado. A narrativa dela é bem instigante e acontece tanta coisa nas quase 400 páginas. O Fio é um livro que merece ser lembrado com carinho <3
    Fico contente que você também gostou!
    Beijos
    Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucas! Então, não é aquela lentidão de cansaço, mas sim que são tantas informações, que a autora no mostra pouco a pouco, não de uma vez só. Um livro lindo mesmo, pra guardar no coração.

      Excluir
  10. Que lindo, Cida!
    Eu também gosto bastante de romances históricos e esse parece ser incrível. Pois é, eu também sempre imaginei a Grécia como um lugar para passar a lua de mel, acho que por isso nos esquecemos de coisas terríveis que aconteceram por lá. Estou curiosa para saber como a autora abordou todos esses temas.
    O casal é bem diferente, não é! Mas já conseguiu me cativar antes mesmo de eu ler o livro, adoro personagens que se importam com tudo ao redor e não só com eles próprios.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa! É um casal super humano, que acabou deixando a felicidade em segundo plano, em prol de outras pessoas.

      Excluir
  11. Eu AMO romances históricos! E quando digo isso não é romances em um certo tempo histórico, mas um momento histórico com um romance de fundo. Entende? Esse livro se encaixa com perfeição no que estou falando. Adoro casais que não passam seu amor na frente das outras coisas, pois no final das contas é isso realmente deve ser feito, sempre!
    Sua resenha esta magnífica! De verdade, muito boa!

    Amei o seu blog!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Olá Cida, adorei a resenha...adicionada a minha wish list com certeza!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oie amiga
    Nossa! Não conhecia história sobre esse livro e fiquei encantada
    com a história depois de sua resenha.
    Amei em saber que é um romance histórico. Lindo!
    Estou super ansiosa para ler ele agora.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    Jéssica
    http://leitorasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Cida! Acho que se não fosse sua resenha eu nunca leria esse livro, sério. Adoro tramas que envolve história no contexto, mesmo que parte seja ficção. E saber que o romance é histórico e pelo casal ser diferente do que estamos acostumados a ver no livros me deixou bem curiosa. O Fio parece ser aqueles livros que mesmo depois da leitura, a trama ainda fica martelando em nossa cabeço por um bom tempo. Quero lê-lo agora!

    Beijos, Leitura da Vez!

    ResponderExcluir
  15. oi Cida, nossa esse livro parece ser incrivel!!!! é bom ver histórias que nos envolvem a ponto de não largarmos o livro, tem histórias que nos cativam a primeira página ai temos dificuldades em descreve-los

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia o livro, mas o enredo parece ser sensível e comovente.
    Espero um dia ter uma oportunidade de lê-lo.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Uau! Preciso ler esse livro!! :o
    Parece muuuuuito interessante e envolvente!!


    Adolecentro

    ResponderExcluir
  18. Oi Cida,
    Ao ler a sinopse desse livro eu sinceramente decidi que não o leria,
    porém quão surpresa não fiquei ao ler sua resenha e perceber que você
    se encantou profundamente com o livro, fiquei tocada com suas palavras e pretendo
    dar uma chance a leitura

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Essa história deve ser incrível..... Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler esse livro. Primeiro por ser um romance, e, segundo, por trazer fatos verídicos em seu enredo, "como as duas grandes guerras mundiais e a guerra civil grega"...Certamente vou ler esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acredito que você não leu esse. Se tiver a oportunidade passa aqui e me fala o que achou.

      Excluir
  20. Oie Cida
    estava em dúvida quanto a este livro,mas o que mais me atraiu foi saber que é um romance histórico, e que a autora explora muito bem o cenário.
    QUero muito ler.
    bjos

    ResponderExcluir
  21. Nossa, eu nunca tinha escutado falar desse livro, mas... Uau. Fiquei impressionada. Tento não julgar um livro pela capa mas, essa realmente não me agradou. Eu sinceramente não dava nada pelo livro até ler sua resenha. Realmente fiquei muito interessada, vou procurar saber mais.
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oi Cida,
    Olha já tinha visto esse livro por ai, mas nunca me atentei a ler a sinopse dele, ou alguma resenha, confesso que fiquei super impressionada com a sua resenha, não esperava nenhum um terço desse livro, agora me resta lê-lo, depois dessa resenha que nos mostrou que é impossível transparecer o que se passou no livro, algo além das palavras só sentindo pra entende.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, a sinopse não chega perto de tudo que o livro traz, então leia e veja quanto você poder descobrir.

      Excluir
  23. Essa história é muito interessante, apesar de livros que falam de fatos históricos não me atraírem tanto este me instiga por não se tratar apenas de um fato ocorrido na Grécia, mas das pessoas e das consequências. Queria conhecer esse casal e entender porque você ficou tão encantada com a moça. Tenho um outro livro da autora e já tinha ouvido falara que sua narrativa é tocante, com a sua resenha fiquei com vontade de pegá-lo para ler.

    Abraços, Raquel.

    ResponderExcluir
  24. Não conhecia o livro, mas fiquei bem curiosa. A história parece bem intensa e emocionante.
    boa semana
    ;*

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  25. Oi Cida!
    Também nunca li um livro histórico sobre a Grécia, não conhecia esse livro e confesso que a capa não me chamaria a atenção, em comparação à riqueza do enredo que você apresentou na resenha.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  26. Oi Cida, as histórias escritas por essa autora sempre parecem lindas,pelo menos é o que tenho visto nas resenhas. Tenho um livro dela aqui comigo, mas ainda faltou tempo para ler. Espero passá-lo na frente de outros, acho que vou gostar também.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Ju! Já tinha escutado falar dela, mas não imaginava que escrevesse dessa forma, eu tenho O retorno e quero ver se a receita vai se repetir.

      Excluir
  27. Oi Cida,
    Me arrependo imensamente de não ter comprado o livro quando o vi numa promoção de R$9,90. Fiquei bem interessado na história de Dimitri e Katerina. Gosto de livros profundos, eles sempre tem algo a ensinar.

    Lucas / Era uma vez
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Nunca tinha lido nada com um enredo deste tipo. E para ser sincero, até que me interessei.

    Gostei da resenha, pelo que li, é um livro que prende mesmo!

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  29. Não conhecia o livro, e adorei ter conhecido, amei a resenha, o livro é tudo de bom!

    ResponderExcluir
  30. Olá Cida,

    LI e resenhei o livro O Retorno da autora e gostei demais....uma história fantástica e emocionante e estou com o livro A Ilha na minha lista de espera de leitura e esse O Fio esta na lista de desejados e depois da sua resenha ainda mais....abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  31. Primeira vez que ouço falar deste livro. Deve ser porque é de 2013, super recente.
    Gostei da sinopse é bem minha cara mesmo. É sério!
    Gostei da forma que descreveu os personagens como marcantes, parece ser mesmo bom.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  32. Oi,

    Adoro o tipo de romance que deixa a gente viciada...Esse livro vai entrar para lista dos livros desejados.

    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  33. Confesso que olhando a capa e lendo a sinopse, acho que não leria esse livro, mas depois de ler a sua resenha, estou louca para lê-lo! Ótima resenha.
    Beijos

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  34. Oi Cida!
    UAU! Sério que esse livro é incrível assim?!
    Estou mega interessado agora. Anteriormente, para ser mais exato, antes de ler sua resenha, não tinha curiosidade a respeito da obra. Agora, necessito tê-lo na minha estante e acima de tudo, lê-lo.
    Espero ter essa mesma aproximação com as personagens e curtir muito a história.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  35. Me encantei com a resenha, na verdade estou me segurando pra não entrar no site da Saraiva agora mesmo e compra-lo. O livro foge de tudo que tenho lido ultimamente, tenho certeza que vou adorar, principalmente ´pela forma que vc o descreveu.

    ResponderExcluir
  36. Já tinha visto esse livro mas nunca me interessei por ele agora sabendo o tema dele fiquei bem interessada. Adoro livros que contam sobre amores, tradições e falam sobre lugares e cidades fiquei encantada quando li a resenha. Vou colocar na minha lista de leitura.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!