[Resenha] Loucamente Apaixonada Na Livraria dos Corações Solitários

Loucamente Apaixonada Na Livraria dos Corações Solitários
Título Original: Crazy in Love at the Lonely Hearts Bookshop (Lonely Hearts Bookshop #3)
Autor(a): Annie Darling
Editora: Verus                      Páginas: 322
Lançamento: 2019              ISBN: 9788576867708
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Novo romance da série A Livraria dos Corações Solitários, sobre a vida dos funcionários da livraria que por uma razão ou outra desistiram do amor e, ainda assim, o encontram quando menos esperam. Cheia de tatuagens e com o cabelo cor-de-rosa, a dublê de pinup Nina adora bad boys — quanto mais cara de mau, melhor. Apesar dos receios de seus amigos, ela acredita firmemente que o amor verdadeiro só tem uma forma: selvagem, intenso e pontuado por brigas tempestuosas — como na história de Heathcliff e Cathy, o casal angustiado de O Morro dos Ventos Uivantes. E ela não vai se contentar com nada menos que isso. Mas anos de encontros marcados por aplicativo não trouxeram nada além de caras esquisitos e paqueras banais, e Nina não está nem um pouco mais perto de encontrar o amor. Quando um homem de seu passado entra na livraria, Nina sabe que não tem nada a temer: o garoto mais nerd da escola se tornou um analista de negócios tedioso que combina o terno com a gravata, sem chance de fazer seu coração bater mais rápido. O que só mostra quão pouco Nina sabe sobre bad boys, analistas de negócios e o próprio coração.. Este é mais um romance delicioso da série A Livraria dos Corações Solitários, sobre a vida dos funcionários da livraria, um “alegre bando de desajustados”, que por uma razão ou outra desistiram do amor e, ainda assim, o encontram quando menos esperam.
Loucamente Apaixonada Na Livraria dos Corações Solitários é o terceiro volume da série A Livraria dos Corações Solitários, onde cada livro traz a história de amor de um dos funcionários da livraria de livros de romance Felizes Para Sempre.

Já conferimos nos volumes anteriores a história de Posy (que é a dona da livraria) e depois a de Verity. Agora é a vez de seguirmos com Nina na busca por seu final feliz.

Nina sempre foi a garota descolada, chamativa e que dava conselhos para as outras duas sobre encontros. No entanto, das três, foi a única que não encontrou seu par. Nina não consegue achar um homem que queira compromisso sério. Desejar que o seu par ideal seja como o Heathcliff de O Morro dos ventos Uivantes torna as coisas mais complicadas, praticamente impossíveis.

Quando Posy contrata um consultor de negócios para avaliar a livraria e ajudar em seu crescimento, Nina se sente incomodada por ter todo o tempo um cara de terno e gravata, meio monótono, observando cada detalhe do seu trabalho.

Noah é um cara inteligente, aparentemente todo certinho, controlado e o tipo seguro que não atrai Nina. Só que ele é mais que sua aparência austera. Por baixo das roupas de cores neutras, se esconde um cara que gosta de aventuras radicais, que viajou pelo mundo e superou o trauma de ser tachado como o nerd da escola. Além disso, Noah sabe ser sedutor com toda sua gentileza e doçura e Nina pode perceber que um Heathcliff não é mesmo o seu par ideal.

Assim como nos volumes anteriores, a autora não se apressa em juntar o casal e com isso nos proporciona um tempo bem gostoso para vê-los se conhecendo, se ajustando e então se dando conta que podem dar certo. Eu gosto deste ritmo, que não apenas permite o romance ser convincente, como também reserva espaço para momentos engraçados e de muita vergonha alheia para os protagonistas.

E não é só isso, em cada volume o crescimento e amadurecimento dos personagens foi bem trabalhado e a história vai além do romance e também se torna uma jornada da evolução pessoal de cada um deles. Quando então tudo se acerta, vemos que o casal está seguro de suas decisões e sabe o que deseja.

Noah e Nina tinha acertos de contas individuais para fazer, mais ela do que ele no caso,  nem de longe desconfiei que a espalhafatosa Nina fosse tão sensível, insegura e carregasse tanta mágoa no coração.

Um dos maiores problemas dela estava na relação com a família, em especial com a mãe. Achei que Nina representa muitas garotas por aí que foram obrigadas a deixar as raízes de lado para se encontrar e só então poder de fato se reconectar. Ela foi muito forte e corajosa neste aspecto, mesmo que ninguém tenha lhe dado o devido valor.

A Nina é bem injustiçada, as pessoas não a levam a sério e dá muita pena ver que ela poderia ir mais longe se alguém lhe desse uma chance. Neste ponto o Noah enxerga a verdadeira Nina e briga por ela. Achei lindo ele fazer isso, embora teria sido melhor que os amigos delas tivessem se dado conta sozinhos do quanto ela merecia ser melhor julgada.

Embora os casais anteriores sejam mencionados, a autora não entra em grandes detalhes sobre eles, mas aconselho a ler a série na ordem para entender as dinâmicas do pessoal da Felizes Para Sempre. No entanto, se você ler apenas esse, vai entender bem a história.

Este volume se tornou tão querido para mim quanto os outros. Eu amo este grupo de pessoas, suas loucuras na livraria e a ambientação da história. Eu me sinto na própria Inglaterra, totalmente transportada para lá durante a leitura.

É muito bom sentir-se totalmente envolvida pela história e pelo que a compõe. Os personagens e seu carisma também me motivam e já estou com saudades desta turma. Um romance adorável, sem exageros e de aquecer o coração. Recomendo!


Confira!




8 comentários:

  1. Oiii Cida

    Eu recebi esse terceiro volume e fiquei encantada com a capa, saber que é um romance pausado, que permite ao leitor se sentir também envolvido no amor do casal também é algo que me agrada. Quero ler esse da Nina e caso goste pretendo ler os outros dois anteriores com certeza

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. ah adorei conhecer mais esse livro da serie, as vezes procuro por um desses romances que nos aquecem o coração

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Oie! Já conhecia o primeiro volume de Livraria dos Corações Solitários, mas não sabia que tinha uma sequência!
    Eu amo quando os autores conseguem construir um casal aos pouquinhos, fazendo com que a gente shippe eles e torça horrores pelo casal! Acho esse um ponto importantíssimo e gostei de saber que a Annie fez isso ♥
    Parece ser um clichê muito fofo! Amei a resenha.

    Bom fim de semana ♥
    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida!
    Eu não sabia que era uma trilogia D:
    Gostei muito da premissa do primeiro e esse parece tão fofo quanto. Os casais da autora parecem promissores e sinceramente tenho vontade de ler, mas nao no momento. To numa vibe muito fantasia pra ir pra romance.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá...
    Adorei a sua resenha!
    Esse livro está na minha lista de desejados e estou simplesmente loooooouca pra ler! Seus comentários a respeito me fizeram desejar a leitura ainda mais...
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Cida.
    Eu ainda estou na dúvida se leio esse livor ou não. Sou dessas que não gosta de começar séries pelo meio hehe. E como li muitas resenhas negativas dos livros anteriores não se se quero ler hehe. Talvez eu leia só esse mesmo.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi, Cida!
    Não vi bons comentários do primeiro livro, mas esse parece que caiu no gosto do povo. Só o que você comentou eu já sei que vou me identificar com a Nina
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. Participe!

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida,
    Eu não gostei nada do livro 1, então me afastei da série.
    Porém, li algumas resenhas que me animaram a continuar. A sua não ficou diferente, quero completar minha coleção!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!