[Resenha] Hoje e Sempre

Hoje e Sempre
Título Original: For Now, Forever (The MacGregors #5)
Autor(a): Nora Roberts 
Editora: Harlequin                 Páginas: 192
Lançamento: 2018               ISBN:9788539825417
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Daniel MacGregor sempre soube que construiria um império. Por isso, aos 30 anos e trabalhando para conquistar seu segundo milhão, ele decide que é a hora certa de encontrar a mulher perfeita para casar e começar uma família. As melhores candidatas são aquelas de linhagem forte, silenciosas, bonitas e que queiram ficar em casa cuidando dos futuros filhos. Anna Whitfield não se encaixa nesse perfil. Ela é a única mulher da turma de medicina e aspira ser uma ótima cirurgiã. A última coisa que Anna deseja é se casar e ter filhos, pois isso iria interferir na sua dedicação à carreira médica. Mas Daniel não vai deixá-la fugir da atração que sentem, mesmo que para isso tenha que ignorar seus instintos que imploram por um casamento e aceitar a proposta de Anna de apenas morarem juntos. Essa situação será um escândalo que apenas o amor poderá superar! Finalizando o arco da família MacGregor, Hoje e sempre vai emocionar as leitoras com uma história controversa e repleta de amor!
Hoje e Sempre é o quinto livro da série MacGregors, de Nora Roberts, publicada no Brasil pela Harlequin. A série vem sendo relançada desde o ano passado com nova tradução e em formato livraria. Agora que os romances de banca não serão mais publicados pela Editora, vamos torcer para que outras obras da autoras ganhem nova edição.

É o quinto volume e foi por ele que comecei a ler a série, mas não senti nenhuma dificuldade para entender a história e apreciá-la bastante. Cada livro traz a história de um casal, sendo um dos protagonistas um MacGregor  e este aqui conta como os pais destes protagonistas se conheceram e viveram seu romance. Assim é uma história que é anterior a dos primeiros livros e para mim foi a ideal para começar.

Eu já li muitos livros da Nora, a maioria parte de séries e sempre comento que ela tem um jeito próprio de escrever muito familiar, que mesmo com personagens e desafios diferentes em cada história, a essência é a mesma e sabemos o que esperar. Não é algo ruim, eu amo o jeitinho dos livros dela e quando comecei a ler Hoje e Sempre me vi surpreendida por algo nada familiar, não parecia com os últimos que li. Eu amei.

Anna e Daniel formam nossa dupla de protagonistas. Ele é um imigrante em ascensão nos EUA, está construindo uma fortuna sólida e uma grande fama em Boston como um empresário arrojado e que não teme riscos. Descendente de escoceses, parece um grande guerreiro selvagem com o cabelo não tão certinho e uma barba ruiva feroz. Ele já está tendo sucesso nos negócios, agora quer uma esposa para ter sucesso na família e vê em Anna Whitfield sua escolhida.

Em uma época que as mulheres eram incentivadas a ser apenas esposas, donas de casas e mães, Anna desafia a todos e estuda para ser uma grande cirurgiã. Graças a herança de uma parente consegue levar adiante seus sonhos, embora não conte com a aprovação dos pais e da sociedade em geral. Inteligente, segura de si e ousada, não se deixa levar pelo preconceito e segue adiante em seus propósitos. Quando conhece Daniel, seu mundo sofre um pequeno abalo, mas não tanto que a derrube.

O casal é formado por duas pessoas que não desistem fácil do que desejam e vamos então ver florescer um romance de muita teimosia e determinação. Já vou logo dizer que Daniel não é nem de longe meu mocinho dos sonhos. Ele é arrogante, mandão e acha que mulher deve obedecer marido. Não gosto de cara machista e das cavernas e achei bem feito a Anna não ceder e lhe enfrentar todo momento.

Não que eles não se entendam, mas a relação é ditada nos termos dela e amei ver a forma incrível como Anna disse o que queria, enfrentou aquele homem imenso e não deixou de viver uma paixão e seus sonhos profissionais. Não é spoiler dizer que ela foi bem sucedida, afinal o livro começa com os dois já velhinhos em um hospital, mostrando que ela é uma médica e eles tiveram muitos filhos.

A história não é interessante por reservar surpresas sobre o final feliz, é boa por mostrar um romance bem fundamentado, uma relação de reviravoltas e duas pessoas de carne e osso lutando por algo que acreditam e tentando fazer isso dar certo. Nem sempre eles viveram em um mar de rosas. O Daniel vai dar mil e uma mancadas e tirar qualquer um do sério com seu jeito limitado de ser em relação as mulheres, mas a Anna vai lhe ensinar que não é bem assim, que um casal é uma dupla de parceiros e amantes, companheiros e não lutadores em uma queda de braço.

É uma história empolgante de uma mulher emponderada e a frente de seu tempo. Para mim foi mais que um romance, foi a jornada de Anna Whitfield. Uma diva!

Agora quero, melhor, preciso ler os demais da série para conhecer o resto da família. Que as próximas personagens femininas sejam fortes como Anna e os mocinhos bem menos Daniel. Se forem, tomara que as mulheres lhes ensinem uma lição. Ambientação divina, década de 30, cheia de luxo e sofisticação. Recomendo!







2leep.com

9 comentários:

  1. Oii Cida

    Adorei essa protagonista, fiquei curiosa em conhecê-la e esse romance tão bem fundamentado me empolga porque adoro quando está assim bem construído. Vou anotar na lista, faz tempo que quero conferir alga da Nora Roberts.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Cida.
    Também comecei essa série por esse livro e gostei muito do que vi. Achei os protagonistas ótimos e quero muito ler a história dos filhos hehe. A Anna é um exemplo a ser seguido.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida,

    Gosto de livros de época e a história parece ser boa.
    Nunca li nada da autora, mas tenho vontade de conhecer sua escrita.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cida!
    Já sei que esse Daniel vai me dar muito nos nervos, mas Anna diva vai por ele nos eixos porque sim!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida, tudo bem? Quem leu lá no blog foi a Ari e ela ama a Nora! Eu só li um livro dessa série e não curti muito, mas são tantos elogios que quero tentar de novo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida,
    Eu li um dos livros dessa série e achei bem mais ou menos. Engraçado que no livro que li, o Daniel não era tão assim...só tá obcecado em ter netos.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida!
    Eita, adorei a ideia da jornada, fiquei bastante curioso porque gosto muito de romance com personagens empoderadas. Nunca li nada da autora, mas tenho interesse sim. Quem sabe mais para frente, no momento, não é minha aposta, mas vou guarda aqui :)

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida. Nora Roberts é uma das minhas autoras favoritas da vida. Quando não sei o que ler, se estou entrando em uma ressaca literária (ou preciso sair de uma), quando quero uma leitura certa que irá me agradar posso optar por um livro dela que sei que me atenderá no que preciso. Eu não li essa série dela, mas acho bem interessante quando cada livro fala de um integrante da família. Vou anotar a dica.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida,
    Nora Roberts? Repasso essa dica para minha mamis querida que vai adorar, HAHAAHHAHA.
    Porém, dou minha mão a palmatória e digo: essas capas são maravilhosas!
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!