[Resenha] Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter

Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter
Título Original: Ten Ways to Be Adored When Landing a Lord (Love By Numbers #2)
Autor(a): Sarah MacLean 
Editora: Arqueiro                 Páginas: 352
Lançamento: 2016               ISBN: 9788580415292
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família. Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou. Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade. Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.
Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter é o segundo volume da série de romances de época Os Números do Amor, de Sarah MacLean, publicada no Brasil pela Editora Arqueiro.

Eu amei o livro anterior - Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar – , o meu preferido da autora sem dúvidas, que trouxe uma mocinha de atitudes malucas e um mocinho muito sedutor. E neste segundo volume a autora mais uma vez nos apresentou uma dupla única e um romance cheio de situações peculiares.

Isabel Townsend  é a filha de um conde, mas não tem a vida que deveria ter por ocupar tal posição. Nada de bailes de luxo, participar das altas rodas da sociedade e debutar em busca de um bom marido. Não! A moça administra a propriedade de campo da família e cria o irmão caçula desde que o pai os deixou para trás para viver uma vida de jogantina na cidade grande. Quando inesperadamente o conde morre deixando os filhos sem um tostão, ela se vê obrigada a vender sua estimada coleção de estátuas e com isso acaba colocando Nicholas St. John dentro de sua casa e de sua vida.

Nick é considerado por uma revista de Londres o melhor solteiro do pedaço, uma revelação que leva as solteiras a perseguirem o moço com muita ousadia. Quando um amigo pede que ele ajude a encontrar uma moça que fugiu de casa ele aceita sem relutar. Quer fugir da cidade e das caçadoras de marido e é assim que vai parar na cidade onde vive Isabel. Ele tem a fama de ser um excelente antiquário e a pessoa ideal para ajudar na venda das estátuas. Só que a casa de Isabel abriga mais do que as obras de artes.

Isabel e Nick imediatamente sentem aquela conexão, ambos praticamente não controlam a atração irresistível que sentem, mas nem por isso a relação que vão travar será das mais fáceis. O problema é que Isabel depois de ver o casamento dos pais desabar e a mãe sofrer por amor, decide que os homens são os seres mais perigosos do mundo, assim como o amor, e ela não quer se deixar levar e acabar como a mãe.

Coitado do Nick! Senti pena dele nas mãos de Isabel. Ele todo cheio de charme e boa vontade e ela o afugentando. O que mais me deixou maluca durante a leitura foi que ela se deixava levar pelo momento e depois agia que nem uma louca e colocava ele pra correr. E o pior de tudo era a falta de confiança no rapaz. Nick definitivamente foi um santo para não desistir deste amor.

Não que Isabel seja uma megera, ao contrário, ela á uma das pessoas mais bondosas do mundo e ajuda as pessoas de maneira única, o problema é que seus traumas acabam fazendo com que ela não seja uma pessoa admirável no campo amoroso. Quando citei acima que a casa dela abrigava mais do que obras de artes, quis dizer que ela escondia grandes segredos e atividades generosas mas pouco ortodoxas e passíveis de punição da lei. Não! Ela não era uma criminosa, mas ajudava pessoas que aos olhos da sociedade não deveriam receber tal ajuda.

E Nick percebe logo que uma filha de conde que conserta telhados e administra uma propriedade sem ajuda de nenhum homem, não é uma mulher qualquer. E ele que adora desafios decide descobrir os segredos de Isabel e ganhar sua confiança.

Preparem-se para um romance protagonizado por duas pessoas teimosas e cheias de segredos. Não temos situações cômicas como as apresentadas no volume anterior, Isabel e Nick são mais sérios e carregam dores que os deixaram endurecidos. Enquanto Callie e Gabriel nos trazem um romance travesso, este novo casal traz um romance de reparação e recomeço. É uma história bonita e que esbanja generosidade.

Eu gostei bastante, especialmente por sairmos um pouco do clima da cidade e fofocas da sociedade nos bailes para adentrar um ambiente bucólico e aconchegante de vida no campo. Não vou dizer calmo, já que na casa de Isabel nada era calmo e comum. Não superou o primeiro na minha opinião, senti falta da cenas cômicas, ainda assim aqueceu meu coração com um romance terno e maduro.

A série é protagonizada pelos irmãos Gabriel, Nick e Juliana. O próximo livro é da irmã dos rapazes, uma italianinha de sangue quente e língua afiada.  Acho que vai ser uma história indecorosa.  







2leep.com

9 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Nove Regras também é meu amorzinho *---* Mas adorei esse também e fiquei com peninha do Nick, tadinho. Estou bem ansiosa pro da Juliana.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval
    Sorteio Três Anos de Historiar

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida!
    Ainda não li nenhum livro da série, mas ela parece ser ótima. A Isabel parece ser muito legal!

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida! eu amo a narrativa da Sarah, acho ela sensacional! Embora o primeiro seja meu preferido, gosto muito do segundo também! Não vejo a hora de ler o livro da Juliana!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito do blog, já estou seguindo! ;)

    ResponderExcluir
  5. Olá, Cida.
    Eu amei o primeiro volume, por isso estava bem ansiosa com esse. E acabei gostando bastante também, principalmente por causa do Nick. Mas não superou o primeiro não. A Callie é insuperável hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi, Cida!
    Eu gostei desse livro, mas com certeza não superou o primeiro. Estou ansiosa para o livro da irmã desses protagonistas lindos! <3

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  7. o romance de Nick e Isabel é explosivo, vivo e contagiante... ambos são fortes,de terminados e prontos pra tudo! amei!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida,
    Ainda não li nenhum livro dessa série, mas pela sua resenha o livro parece ser interessante, sem falar que gosto de protagonistas decididos e que não dispensam um desafio.

    *bye*
    Marla
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Cida também adorei o primeiro livro e fiquei de boca aberta com os protagonistas e as cenas tórridas deles, ficava pra morrer dizendo que eles seriam flagrados. Mas enfim foram muitas emoções.
    Bom saber que esse segundo mesmo não tendo a pegada do primeiro consegue fisgar o leitor e deixá-lo suspirando com o romance do casal. Será minha próxima leitura. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!